domingo, 31 de julho de 2016

Cabeleireira e três comparsas são presos por crime patrimonial em Salto de Pirapora

    Na sexta-feira à tarde, 29/07, indivíduos invadiram uma residência no Bairro São Manoel, em Salto de Pirapora, e subtraíram aproximadamente R$ 4 mil e aparelhos eletrônicos. Depois do crime, os ladrões fugiram em um automóvel Honda Civic de cor preto.

    Em resposta rápida ao delito patrimonial, a Polícia Militar colheu informações de um sistema de monitoramento da própria residência, que mostrou os criminosos no interior da casa, e colheu mais imagens de outro sistema de monitoramento  vizinho, que registrou imagens dos ladrões na parte externa da residência invadida pelos criminosos.

   Após verificar as imagens, os policias identificaram que uma mulher participante do crime desceu de um veículo Honda Civic e entrou num táxi. Com imagens que identificaram a mulher, a equipe policial saiu a procura da suspeita e a encontrou fazendo compras no interior de uma loja em Salto de Pirapora. 

   A cabeleireira Francinete Alves Azevedo, que reside na Rua Diniz Florêncio Leite, no Bairro Vera Lúcia, em Salto de Pirapora, estava com R$ 1.350 mil e teria confessado sua participação no crime e que forneceu seu Honda Civic para os comparsas fugirem com os objetos.

    Francinete Alves ainda forneceu o possível local aonde a polícia poderia localizar os comparsas dela em Sorocaba. Policiais de Salto de Pirapora solicitaram atuação da Polícia Militar de Sorocaba e durante averiguação em busca dos ladrões os policiais de Sorocaba obtiveram sucesso em localizar os três suspeitos fazendo compras num comércio da Rua Campos Sales, em Sorocaba.

    A polícia de Sorocaba deteve os três comparsas: Everton Vlademir, Igor Lopes, e Geovani Ignácio Matias; todos são moradores em Salto de Pirapora. Sob a responsabilidade deles, a polícia encontrou R$ 2.500 mil, o veículo Honda Civic de cor preto e os objetos furtados. 

    Os três indivíduos e a mulher estão presos por furto qualificado artigo 155 do Código Penal e formação de quadrilha artigo 288 do Código Penal. O veículo Honda Civic é registrado em nome da cabeleireira Francinete Alves. Os sujeitos foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba e a cabeleireira fora levada para a Cadeia Feminina, em Votorantim.

    A polícia prende; a notícia é com Sorocaba Notícia.