quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Muitos objetos apreendidos em boca de fumo a polícia não sabe quem é o proprietário

    Ao perceber que o ladrão subtraiu um bem seu o cidadão precisa  procurar à Polícia Militar ou à Delegacia de Polícia, afim de registrar queixa-crime. A partir do registro as Forças de Segurança atuam pretendendo identificar o criminoso e recuperar o objeto.

    Se o bem levado é um veículo automotor o registro pode ser feito no Site da Secretaria da Segurança Pública-SP. O registro da ocorrência é o termômetro para a Secretaria da Segurança aferir a eficácia dos programas de segurança e gerar estatística a respeito da criminalidade.

    Em muitas delegacias de São Paulo existem diversos objetos que foram apreendidos por policiais militares e policiais civis e a polícia não sabe quem são os proprietários dos objetos, justamente porque não identificou registro de objetos subtraídos, a maioria dos objetos foram encontrados com traficantes em boca de fumo e com receptadores. 

    O cidadão que registra queixa além de gerar estatística ao Estado seu bem pode ser recuperado, portanto, ao ser vítima de furto registre queixa seja qual for o valor do bem subtraído.

    Merece Reflexão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário