sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Grupo é preso em Ibiúna, acusado de cometer latrocínio contra o gerente de postos de combustíveis Gilberto Moura

     Policiais civis e guardas civis de Ibiúna prenderam quatro homens e uma mulher, acusados de envolvimento no latrocínio cometido contra o gerente de postos de combustíveis, Gilberto Manoel de Moura, 44 anos.

    Crime cometido em 17 de julho de 2016, quando criminosos renderam Gilberto Moura e a esposa dele, Evanuzia Nogueira Gonçalves de 40 anos, e após pegarem uma chave de um cofre mataram o gerente de postos, atearam fogo no carro dele e adiante abandonaram Evanuzia Nogueira ilesa.

    Na terça-feira, 06/09, as equipes cumpriram mandado de prisão temporária por trinta dias e capturaram os suspeitos que moram em Ibiúna: Marcelo dos Santos Fontes, 37 anos, Sheila Patrícia Souza Lima, 24 anos, Jéferson dos Santos Ruivo, 26 anos, Maurício Pedroso Cordeiro de 30 anos, e Douglas Ramos de Assis Neves, 22 anos; todos moradores em Ibiúna. 

    Conforme relato da polícia, o indivíduo Luiz Ayrton Lima dos Santos de 21 anos, preso pela Polícia da Capital Paulista em agosto deste ano é outro envolvido no latrocínio contra o gerente de postos Gilberto Moura. A polícia ainda procura outro elemento envolvido no latrocínio.

    O delegado titular de Ibiúna, José de Arruda Madureira Júnior afirmou que os criminosos levaram dinheiro que estava no cofre que o gerente Gilberto Moura tinha a chave. Câmeras instaladas no posto de combustíveis registraram a ação dos ladrões quando pegaram o dinheiro. 

    Ao verificar as imagens, a polícia identificou os criminosos. Marcelo Fontes era frentista do posto de combustíveis, ele estaria envolvido com droga, por esse motivo o gerente do posto Gilberto Moura o transferiu para trabalhar à noite, motivo pelo qual Marcelo se aborreceu e planejou o crime contra Gilberto Moura.

    Fonte: Jornal do Povo de Ibiúna

Nenhum comentário:

Postar um comentário