segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Guarda Civil de Araçoiaba da Serra é preso, acusado de matar sua esposa em Sorocaba

    Luciano Queiroz Reinaldo dos Santos, o porteiro do Condomínio Platinum, situado na Rua Ministro Salgado Filho, na Vila Fiori, em Sorocaba, atendeu ligação do guarda civil Marcos Vinicius do Amaral, 40 anos, que reside no 6º andar do prédio, alegando ter assassinado sua esposa, Rosemeire Pereira da Silva, 32 anos.

    O porteiro acionou à Polícia Militar, quando os policiais chegaram no apartamento do casal o guarda Amaral relatou que após discussão entre ele e sua esposa, a mulher teria disparado um tiro contra a própria cabeça, com  um revólver calibre 38, que pertence ao esposo Amaral. A mulher estava morta.

    Por duas vezes o guarda Amaral relatou suposto suicídio, mas depois acabou confessando que ele teria disparado o tiro que matou sua esposa. Os peritos realizaram exame residuográfico na mão da vítima e na mão do marido. 

    O homicídio tipificado como feminicídio ocorreu domingo à noite, 04/09, está registrado no Distrito Policial da zona norte de Sorocaba, pelo delegado Wagner Pimentel. Amaral está preso numa unidade prisional da região de Sorocaba. 

    O motivo do desentendimento é desconhecido. Amaral trabalha na Guarda Civil de Araçoiaba da Serra, é considerado pelos colegas um profissional tranquilo, responsável, e dedicado às funções de guarda civil.  

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário