quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Polícia Civil prende mulher que comprava mercadorias furtadas do comércio de Piedade e a nora vendia pela internet

    No dia 08 de setembro de 2016, um segurança da Loja Barateira Confecções, localizada na Rua Araújo Leite, no centro de Piedade, flagrou Vanessa Paes de Queiroz furtando mercadorias da loja, e acionou à Polícia Militar.

    Os policiais militares conduziram Vanessa Paes para a Delegacia da cidade. Ao ser ouvida na Delegacia, Vanessa Queiroz relatou que furtava produtos dos comércios, em Piedade, e vendia para duas mulheres, residentes na Rua Benedito Rodrigues dos Santos,  Vila Bom Pastor, na periferia de Piedade (bairro distante do centro). Ela disse ainda que as duas mulheres vendiam as mercadorias pela internet.

    O delegado Oscar Garcia Machado Júnior pediu autorização da Justiça para realizar busca e apreensão na residência das duas mulheres: Renata dos Santos Pires de 42 anos, e a nora dela, a adolescente J.S. de 16 anos. A justiça ordenou à busca na residência delas. 

    Na quarta-feira à tarde, 14/09, investigadores foram até à casa das suspeitas e localizaram dois sacos plásticos repletos de roupas e acessórios com etiquetas de identificação do produto, preço e nome do comércio. Renata Pires disse ter comprado às mercadorias pela metade do preço e teria adquirido de Vanessa Queiroz, a mulher presa no dia 08/09, após furtar mercadorias da Barateira Confecções. A polícia deteve a sogra e a nora e apreendeu as mercadorias de procedência delitiva. 

    O delegado Oscar Garcia entendeu que Renata Pires cometeu receptação dolosa artigo 180 do Código Penal (comprara mercadorias sabendo que era de procedência ilícita) e também entendeu que Renata Pires cometeu corrupção de menor artigo 244-B do ECA, porque depois de adquirir os itens furtados Renata solicitava que sua nora adolescente vendesse às mercadorias pela rede social Facebook. A adolescente fora liberada e a sogra Renata Pires foi encaminhada para a cadeia feminina, em Votorantim.

    O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato  

Nenhum comentário:

Postar um comentário