Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

sábado, 26 de novembro de 2016

Desfecho do Crime - Homem que tentou matar jovem no Rancho dos Tropeiros em Salto de Pirapora é condenado


    Na madrugada de 28 de setembro de 2014, Emerson da Silva Duarte de 21 anos, participava de um evento no Rancho dos Tropeiros, Bairro Campo Largo, em Salto de Pirapora e desentendeu com o criador de animais Alex Júlio de Almeida, 26 anos, apelidado por "Lekão". 

    Lekão teria dito que Emerson estaria lhe "tirando em sua quebrada" e empurrou Emerson. Depois de sofrer empurrão, Emerson saiu da presença de Lekão e foi conversar com três amigos. 

    Um amigo de Lekão, o verdureiro Rogério de Almeida Pontes, 31 anos, conhecido por "Roger Verdureiro" aproximou-se de Emerson e repentinamente sacou uma faca e desferiu dois golpes no abdômen de Emerson. 

    Emerson tentou reagir, porém caiu ao solo. Ele fora levado à Santa Casa de Salto de Pirapora e depois transferido ao Hospital Regional de Sorocaba, onde fora submetido à procedimento cirúrgico. Não morreu. Dias depois a Polícia prendeu Roger Verdureiro.

            No banco dos rés

    Na sexta-feira à tarde, 25/11, Roger Verdureiro foi levado ao Tribunal do Júri em Salto de Pirapora. A promotora de justiça Maria Paula Pereira desenvolveu tese apontando materialidade e autoria do delito e pediu punição por tentativa de homicídio artigo 121, combinado com artigo 14, ambos do Código Penal. O advogado Isaías Domingues nomeado para defender o acusado concordou com a tese de acusação (tese única).

    Após o conselho de sentença votar pela condenação de Roger Verdureiro, a juíza Thais Galvão impôs-lhe 4 anos e 8 meses de reclusão em regime inicialmente semiaberto (regime que o preso trabalha durante o dia e recolhe-se à noite). Roger Verdureiro está preso há dois anos.

    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura 

Nenhum comentário:

Postar um comentário