Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Furto famélico em Salto de Pirapora

    Caso inusitado atendido pela Polícia Militar e Polícia Civil em Salto de Pirapora. O cidadão P.H.S de 34 anos, (você saberá porque cito só iniciais do nome dele), residente no Bairro Rio Acima, em Votorantim, (você saberá porque Sorocaba Notícia cita só iniciais do nome dele) entrou no Pereira Supermercado, no centro de Salto de Pirapora, pegou um pote de sorvete pôs dentro de uma sacola e saiu sem pagar.

    O sistema de monitoramento por meio de câmeras mostrou a atitude dele. Um funcionário do mercado seguiu o rapaz e do lado de fora do mercado o abordou e ao confirmar que o rapaz furtara o produto o funcionário acionou a Polícia Militar. Os policiais apresentaram o caso na Delegacia da cidade. O rapaz afirmou ao delegado que sentiu vontade de tomar sorvete, no entanto não tinha dinheiro, por esse motivo ele subtraiu o pote de sorvete. 

                Liberado após o registro

    O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho entendeu que o caso fora situação típica de furto famélico artigo 23 do Código Penal, que configura-se em alguém subtrair produto alimentício por motivo de estado de necessidade, neste caso considera-se excludente de ilicitude. Após o registro do caso o delegado liberou o rapaz.

    O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato   

Nenhum comentário:

Postar um comentário