Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Ex-Miss Porto Feliz e o namorado dela são presos pela DISE de Sorocaba

    Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes - Dise de Sorocaba promoveu uma operação quarta-feira, 07/12, na região, cumprindo diversos mandados nas cidades de Porto Feliz, Salto e Itu, com objetivo de combater o tráfico de drogas em pontos específicos desses municípios. 

    Foram seis mandados de busca e prisões preventivas feitas por policiais civis da unidade sorocabana, resultando em apreensão de drogas, veículos, motos e dinheiro. Uma moça, que seria ex-Miss Porto feliz, está entre os presos. Eles têm envolvimento com o Primeiro Comando da Capital - PCC, organização que comanda o crime no Estado de São Paulo a partir dos presídios criminais. A intenção deles era ampliar a atuação para Sorocaba.
 
    Diversos pacotes de pasta-base de cocaína, de maconha, de crack, e porções embaladas das drogas foram apreendidos, e também frascos vazios para acondicioná-las, balança de precisão e outros equipamentos para o preparo e embalo dos entorpecentes. Aproximadamente R$ 18 mil em dinheiro vivo foi apreendido também, assim como um carro e duas motos. A quantidade exata da droga não foi divulgada, mas os valores de venda superam os R$ 150 mil.
 
    Seis pessoas envolvidas no tráfico de drogas, que foram presas pela Dise, formavam uma quadrilha que agia em nível intermunicipal. Entre elas, Giselli Christina Aparecida Mesquita, 21 anos, a ex-miss. Ela possuía uma conta bancária que era usada por um chefão das drogas para fazer toda a movimentação bancária do tráfico.

    O homem era seu namorado, Franklin Fermino da Costa Matos, 31 anos, que usava um apartamento em Itu para armazenar todo o material e as drogas para, depois, repassá-las a biqueiras em Porto Feliz. Ele também era jogador de um time de futebol na cidade, e mantinha o time (que joga na várzea) para não levantar suspeitas de sua atuação no tráfico. 
 
    Foram quatro meses de investigações até a operação ser deflagrada ontem. Antônio Eduardo de Camargo Pereira, 35 anos, e Jackson Felipe da Costa Dias, de 19, também foram presos. Outros dois membros do grupo foram detidos no mês passado.

    Reproduzido do Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário