terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Funcionário da Prefeitura de Sorocaba é preso por peculato

    Guardas civis apresentaram na Delegacia da Zona Norte de Sorocaba, o segurança patrimonial Roberto José da Cruz, 52 anos, que trabalha na Prefeitura de Sorocaba. Roberto é acusado de ser flagrado conduzindo uma caminhonete de cor verde, com placa de São Paulo CFC 8696, que estava carregada com aproximadamente 300 quilos de sucata, que ele teria subtraído de um depósito da Prefeitura de Sorocaba.

    A Prefeitura firmou parceria com a empresa CORENT que é responsável pela seleção e venda dos materiais. O encarregado da empresa CORENT, Alexandre de Melo, 48 anos, relatou aos guardas que ele soube que o segurança patrimonial do Aterro Sanitário da Prefeitura, Roberto José da Cruz subtraia os materiais.  Na segunda-feira, 05/12, o encarregado Alexandre de Melo foi verificar e flagrou Roberto José dirigindo a caminhonete carregada com o material. O encarregado Alexandre e amigos interceptaram o veículo e detiveram Roberto José. 

    O servidor Roberto José, que mora em Votorantim teria confessado o crime aos guardas e disse também que era a quarta vez que cometia o delito. Ao ouvir a versão dos guardas o delegado Frederico Urban Monteiro apreendeu o carro, mandou devolver a sucata à Prefeitura e prendeu o servidor Roberto José por peculato artigo 312 do Código Penal (Peculato art. 312 - §1o. Se o funcionário público subtrai bem móvel valendo-se da qualidade). Depois do flagrante o delegado encaminhou Roberto José ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. 

    O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato   

Um comentário: