Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Polícia Civil de Salto de Pirapora afirma que homicídio de "Gato Preto" foi motivado por disputa por pontos de droga; o autor está preso

Ronald
    Na terça-feira à tarde, 27/12, os policiais civis de Salto de Pirapora, Antonio e Tiago foram ao Hospital Regional de Sorocaba e cumpriram mandado de prisão temporária (30 dias) em desfavor de Ronald Jefferson de Luíza Martins de 25 anos, apontado como autor dos tiros que resultaram em morte de Danilo de Almeida Camargo de 19 anos.

    A investigação policial identificou que a motivação para o crime fora disputa por pontos de venda de drogas em Salto de Pirapora. De acordo com a polícia, Danilo era vendedor de drogas e Ronald também. 

    No sábado à noite, 24/12 (data do crime), Danilo, apelidado por "Gato Preto" saiu do Bairro Maria Clara, onde morava, e se dirigiu ao Jardim Ana Guilherme lá os dois se encontraram por acaso e estavam armados. Houve troca de tiros. Ambos foram levados para a Santa Casa de Salto de Pirapora.
Vítima


    Os dois foram transferidos ao Hospital Regional. Na manhã seguinte Danilo faleceu (25/12). Ronald que sofreu lesão na perna, e reside no bairro onde ocorrera a troca de tiros, permaneceu internado naquele hospital. Depois que os médicos liberarem Ronald Jefferson, ele será levado ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.

    Aqui a notícia chega chegando

Nenhum comentário:

Postar um comentário