quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

De cara com a fera - Sorocaba Notícia entrevista o homem que arrancou os olhos de outro andarilho em Salto de Pirapora

    Ao analisar imagens do sistema de videomonitoramento cedidas pela Guarda Civil de Salto de Pirapora e ouvir testemunhas presenciais da tentativa de homicídio contra Marcos Valério Piacipelli Moreira, 50 anos, que sofreu agressão e retirada dos globos óticos, o delegado Gilberto Montenegro Costa Filho pediu a prisão temporária por 30 dias do suspeito Paulo Batista, 35 anos, conhecido por "Loiro ou Alemão".

O juiz Roge Naim Tenn do Platão Judiciário em Sorocaba ordenou prender o andarilho Paulo Batista. Munidos com a ordem judicial as Forças de Segurança (Polícia Civil, PM e Guarda Civil) foram em possíveis locais que poderia encontrar o suspeito, porém não o localizaram. 

    Paulo Batista percebeu que era perseguido por outros andarilhos da cidade por isso foi refugiar-se na Igreja do Evangelho Quadrangular, situada na entrada do Jardim Primavera, em Salto de Pirapora. Alguém viu Paulo Batista participando do culto e informou às Forças de Segurança. As equipes foram ao interior do templo e prenderam o suspeito.

    Na Delegacia da cidade, Paulo Batista confessou autoria do delito alegando legítima defesa. A Polícia relata que Paulo Batista é oriundo de Sorocaba e há três semanas dormia nas ruas em Salto de Pirapora. Segundo ele, veio de Sorocaba porque é herdeiro de uma propriedade no Jardim Arco Iris, onde também seus familiares residem naquele bairro.

            De cara com a fera

Sorocaba Notícia entrevistou o suspeito Paulo Batista e indagou-lhe: qual o motivo do desentendimento entre você e a vítima e como fraturou o maxilar e arrancou os olhos da vítima ?

- Desconheço algo que fiz que pudesse aborrecer o Marcão, a vítima, ele que do nada pegou um pedaço de caibro e tentou atingir-me, eu utilizei de técnicas de Kong Fu, Chute Box e Capoeira para me defender, ele insistiu tentando me agredir, eu consegui projetá-lo ao chão, naquele momento Marcão mordeu meu dedo da mão, com o outro braço eu desferir um soco atingindo o queixo dele. Depois do soco imaginei que retirando os globos óticos dele cessaria a briga, e fiz isso: com os dedos retirei os dois globos óticos dele e fugi do local.

    Após ser entrevistado, os policiais algemaram o preso e o embarcaram na viatura da Polícia Civil, saindo em seguida para o Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. A vítima Marcos Piacipelli permanece no Hospital Regional de Sorocaba, os médicos afirmam que ele fora submetido a cirurgia e deverá ser submetido a outro procedimento cirúrgico, e que seu estado inspira cuidados médicos.

                  Aqui a notícia chega chegando

   

Um comentário:

  1. Cela separada para fera!!! E o que ele fez com os globos oculares?? Comeu?? Cuidade com canibais!! Eles existem e estão por aí..bem perto!

    ResponderExcluir