Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Juíza de Salto de Pirapora manda soltar as duas moças presas por furto no Supermercado Rede Bom Lugar

Cirlene

A juíza Thais Galvão Peluzo liberou as duas moças presas na sexta-feira, 27/01, acusadas de furtarem diversas mercadorias do interior do Supermercado Rede Bom Lugar, situado no Centro de Salto de Pirapora. A magistrada concordou com o entendimento da promotora Maria Paula Pereira da Rocha.

Conforme o teor do alvará de soltura expedido na segunda-feira à tarde, 30/01, a juíza embasou a liberdade provisória de Cirlene de Lima Santana, 23 anos, residente no Jd Madalena, Salto de Pirapora e Milena Nair Cruz Silva do Carmo, 18 anos, moradora no Jardim Bandeira, na mesma cidade, porque as duas não ostentam antecedente criminal e apresentaram endereço fixo, circunstância esta que em tese exclui risco de evasão (fugirem durante a instrução criminal).
Milena
 



                       Relembre o caso


Moças são levadas ao xadrez por furto de mercadorias num Supermercado em Salto de Pirapora


    Por voltas das 12h25 de sexta-feira, 27/01, os seguranças do Supermercado Rede Bom Lugar, estabelecido no Centro de Salto de Pirapora (em frente a Câmara de Vereadores), suspeitaram de duas moças que estavam no interior do mercado, cada uma carregando um bolsa grande.

    Convictos de que as moças puseram diversas mercadorias dentro das duas bolsas, os seguranças posicionaram-se alertas e ao perceberem que elas sairiam do comércio levando as mercadorias, eles acionaram à Guarda Civil Municipal. 

    Uma guarnição foi ao mercado e posicionou-se na saída do comércio, as moças avistaram a guarnição e tentaram retornar ao interior do comércio, naquele momento os seguranças e os guardas abordaram as duas. No interior das bolsas haviam: carne, frango, linguiça, chocolate, diversos produtos de higiene pessoal e outros produtos.

    As mercadorias e as duas foram levadas à Delegacia de Salto de Pirapora, depois que chegaram na Delegacia as duas detidas choraram muito durante o tempo da elaboração do flagrante de furto artigo 155 do Código Penal,  ratificado pelo delegado Gilberto Montenegro Costa Filho. 

    As duas presas moram na mesma cidade: Milena Nair Cruz Silva do Carmo, 18 anos, residente no Jardim Bandeira e Cirlene de Lima Santana de 23 anos, moradora no Jardim Madalena. Depois do flagrante registrado a polícia levou as duas para a Cadeia Feminina de Votorantim.
Mercadorias

Nenhum comentário:

Postar um comentário