Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Novas viaturas à Polícia Militar em Sorocaba

    
    O comando da Polícia Militar de Sorocaba alega razões estratégicas para não divulgar o número da quantidade de viaturas existentes na cidade, mas, de qualquer maneira, ao montante existente será somado mais 31 viaturas, entregues em cerimônia no começo desta semana na Capital paulista. 
 
    O governador Geraldo Alckmin entregou 573 novas viaturas para reforçar a frota da Polícia Militar do Estado. Os veículos – 523 motocicletas e 50 carros – foram comprados a partir de um investimento de R$ 16,4 milhões do Governo do Estado. O secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, participou da entrega das viaturas à corporação. 

    Os veículos serão distribuídos a unidades de todas as regiões do Estado. A região do CPI-7, de que Sorocaba é sede e comando, terá 31 viaturas. Parte delas pode ser dividida nos batalhões da PM de outras cidades comandadas pelo CPI-7.
 
    As viaturas de quatro rodas serão enviadas ao Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), que atua na Capital paulista. Os carros são dos modelos Sport Utility, Pick-up cabine simples e dupla e Station Wagon. 

    Do total de motocicletas, 86 são do modelo Triumph/Tiger 800 XCx, que custa R$ 42.150,00 cada, e serão entregues às Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) do 2º Batalhão de Policiamento de Choque (BPChq), que também atua na Capital. As demais motos, adquiridas por R$ 17.500,00 cada, são do tipo Honda XRE/300 cc. 
 
    “Estamos entregando veículos novos, zero quilômetro, sendo 50 para fiscalizar o trânsito e 523 motocicletas para a Rocam, que é um dos mais eficientes trabalhos de segurança nas grandes cidades”, comentou Alckmin sobre as Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam).

    A Polícia Militar já foi contemplada com 10.355 viaturas (R$ 522 milhões), a Polícia Civil recebeu 3.641 veículos (R$ 241 milhões) e a Polícia Técnico-Científica ganhou 411 novas viaturas, adquiridas a partir de um investimento de R$ 30 milhões.

    Reproduzida do Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário