sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

São Paulo fechou 2016 com menos homicídios

    O Estado de São Paulo terminou o ano de 2016 com uma nova redução no número de casos e vítimas de homicídio doloso. Com isso, atingiu a menor taxa desde o início da série histórica há 16 anos. Além disso, houve diminuição nos roubos a banco e de veículos.
    O número de casos de homicídio diminuiu 6,31% em todo o ano, caindo de 3.758 para 3.521 registros, com 237 a menos. Apenas em dezembro, houve redução de 1,75%. Ambos os totais de 2016 são os menores da série histórica.
    “A queda do número de homicídios no Estado, na Capital, na Grande São Paulo e em várias partes do Interior é um fato que estamos comemorando em virtude do trabalho incessante das nossas polícias. A queda mostra que a política de segurança pública com relação aos crimes contra a vida tem sido acertada”, falou o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, durante a apresentação das estatísticas, na terça-feira, 24/01.
    Já o total de vítimas de morte intencional recuou 7,29% de janeiro a dezembro, passando de 3.963 para 3.674. Foram 289 vidas poupadas. O número também é recorde para o período desde 2001.
    Com a redução das mortes, o Estado registrou taxas de 8,12 casos e 8,47 vítimas de homicídio a cada 100 mil habitantes. São os índices mais baixos da série histórica, com uma redução de 6,98% e 7,96% em relação ao ano de 2015.
    Reproduzido da Secretaria da Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário