segunda-feira, 13 de março de 2017

Desfecho do Crime - Justiça de Pilar do Sul condena 4 homens acusados de assaltar passageiros do ônibus de São Miguel que viajava para a Capital Paulista


    A Justiça de Pilar do Sul condenou quatro homens acusados de participação no assalto aos passageiros de um ônibus que saiu de São Miguel Arcanjo, no final da noite de 11 de maio de 2015, com destino à Rua 25 de Março, na capital paulista, onde fariam compras. 

    Antonio Lorran Bueno Leão e Felipe Wagner de Souza Barquete, ambos residentes em São Miguel Arcanjo, Victor da Silva Santana e Diego Tenório de Oliveira, os dois da capital paulista, estão apenados a cumprir 6 anos, 10 meses e 15 dias, em regime inicial fechado. 

    O juiz que os condenou cita na sentença que deixou de contabilizar o período que os réus estão presos (detração penal C. P. P.), o que poderia resultar em benefício de progressão de regime, segundo o magistrado não consta no processo atestado de conduta carcerária dos réus. 

    O indivíduo Rodrigo Martins, que respondia pela mesma acusação (artigo 157 do Código Penal) está absolvido por falta de provas. O ministério público denunciou os acusados por latrocínio tentado, porque durante o assalto um criminoso disparou a arma atingindo o pé do motorista do ônibus, porém, a justiça entendeu que não houve latrocínio tentado. 

    O bando cometeu o crime enquanto o ônibus trafegava pela Rodovia Nestor Fogaça (SP 250), que liga São Miguel à Pilar do Sul, os ladrões fugiram pela SP 250 em direção à Pilar do Sul e seguiram pela Rodovia Francisco José Ayub (SP 264). 

    Em Salto de Pirapora, policiais militares esperavam os ladrões, ao avistá-los iniciaram acompanhamento, houve troca de tiros matando o ladrão Weslei Alves de Lima, 19 anos, do Bairro Jaraguá-SP. Não houve policial atingido por tiro. Em ação contínua a polícia capturou os demais envolvidos.  

    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura

Nenhum comentário:

Postar um comentário