quarta-feira, 15 de março de 2017

Desfecho do Crime - Mulher que lançou gasolina e ateou fogo no marido é condenada a 14 anos em Pilar do Sul


    O conselho de sentença em Pilar do Sul reconheceu culpabilidade de Tania Michels Behn, que sentou-se no banco dos réus para ser julgada na quarta-feira, 15/03, acusada de cometer homicídio triplamente qualificado na noite de 25 de junho de 2011, quando lançou líquido inflamável sobre o marido e em seguida ateou fogo (artigo 121 parágrafo 2º inciso II, III e IV do Código Penal).

    O homem saiu correndo para a rua com o corpo em chamas e gritou por socorro. Vizinhos socorreram Vanilton Coelho da Silva, que sofreu queimaduras em 70% do corpo. Ele esteve 16 dias internado e depois faleceu em 12 de julho daquele ano. 

    O crime ocorreu na residência do casal, situada na Rua Isabel Bueno Gonçalves, Jd Nova Pilar, periferia de Pilar do Sul. Após o resultado da votação pelos jurados, o juiz impôs 14 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado. Tania pode recorrer da sentença em liberdade.

    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura  

Nenhum comentário:

Postar um comentário