Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

terça-feira, 18 de abril de 2017

Polícia de Araçoiaba prende professor suspeito de participar da morte da própria mãe


    Ao analisar o laudo necroscópico que atesta morte da idosa Nadir Oliveira Gomes, 68 anos, por volta das 06h da manhã, o ministério público acredita que o filho de Nadir Gomes, o professor Maurício Gomes participou do homicídio cometido contra ela, que fora encontrada morta num matagal em 09 de março deste ano em Araçoiaba da Serra. 

    No entendimento do representante do ministério público, o primeiro suspeito que está preso, Rodolfo Carlos recebeu colaboração do seu companheiro e filho da vítima, o professor Maurício Gomes, que é homossexual. Ao formar convicção da participação do filho da vítima, o ministério público pediu a prisão preventiva do professor Maurício. A justiça mandou prendê-lo preventivamente (preso até o julgamento). 

    Na manhã de 12 de abril deste ano investigadores foram no trabalho do professor na região central de Araçoiaba da Serra e prenderam o professor Maurício Gomes. Agora são dois presos e acusados pela morte da idosa Nadir Gomes. Relembre o caso abaixo.   

Suspeito de matar a idosa Nadir Gomes em Araçoiaba é preso pela Polícia Civil
Rodolfo na Delegacia

    O delegado Irani Barros cumpriu mandado de prisão temporária recolhendo em prisão Rodolfo Carlos da Silva, 23 anos, apontado como responsável pela morte violenta da idosa Nadir de Oliveira Gomes de 68 anos, encontrada morta num matagal, na tarde de 09 de março deste ano.

    De acordo com o apurado pelo delegado e sua equipe, na quarta-feira, 08/03, o filho da idosa, o companheiro dele, Rodolfo Carlos e a idosa estavam no interior da residência onde todos moram no Centro de Araçoiaba da Serra, por volta das 19h30 o filho da idosa jantou e saiu para participar de um curso. 

    Rodolfo desentendeu com a idosa e a empurrou na cozinha, a mulher desequilibrou e bateu com a cabeça na pia. Após a queda ela sofreu desmaio. Rodolfo conduziu a vítima ao banheiro, lavou a cabeça da idosa, em seguida trancou a mulher no quarto. Quando o filho da idosa chegou na residência Rodolfo informou que ela estava dormindo porque não se sentia bem. Rodolfo e o filho da idosa foram dormir.

    Na manhã seguinte (09/03), o filho da idosa foi ao trabalho. Rodolfo emprestou um Gol de cor escura alegando que precisava do automóvel para levar seus pertences da casa da idosa para a residência dos pais dele. Rodolfo entrou com o Gol na garagem, estendeu tapetes sobre os bancos, pôs o corpo da idosa no carro e transportou o corpo até um matagal no Jardim Maria da Glória, em Araçoiaba da Serra. 

    Quando devolveu o Gol, o carro apresentava sangue nos tapetes, Rodolfo justificou que teria levado uma pessoa ao hospital. Além de provas técnicas que apontam Rodolfo como principal suspeito do homicídio existe o testemunho do proprietário do Gol e o próprio Rodolfo relatou os fatos ao delegado Irani Barros. 

    A polícia vai realizar análise com luminol no interior dos cômodos da residência da vítima e no interior do carro, entretanto para o delegado Irani Barros e sua equipe a autoria do delito contra a vida está esclarecida.

    Quem ler jornal só sabe notícia amanhecida; leia Sorocaba Notícia aqui a notícia é da hora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário