Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Suspeito de matar o "Rei do Vidro" em Sorocaba é preso em Florianópolis-SC

James Paulo

    Na segunda-feira, 08/05, o delegado Acácio Aparecido Leite apresentou à imprensa o homem suspeito de ter matado a tiros o empresário e comerciante Amarildo da Costa Bueno de 51 anos, conhecido em Sorocaba como o Rei do Vidro. 

    O crime ocorreu em outubro de 2016, quando o Rei do Vidro estava numa lanchonete em Sorocaba. O assassino  se aproximou apontando uma arma simulando um assalto e disparou contra Amarildo Bueno, o primeiro tiro não atingiu a vítima. A vítima correu. O atirador perseguiu Amarildo e efetuou mais disparos certeiros matando a vítima. O assassino entrou num carro que o esperava e fugiu.

    Amarildo estava separado da esposa Adeilda há três anos. A polícia suspeitou que o namorado da ex-esposa de Amarildo seria o autor do crime e pediu a prisão preventiva do suspeito James Paulo Jorge. A Justiça mandou prender. Depois do crime tanto James como sua namorada Adeilda sumiram de Sorocaba. 

    Uma equipe da Polícia Militar em Florianópolis-SC realizava blitz e abordou o indivíduo James Paulo. Ao realizar pesquisa, a polícia identificou que se tratava do homem procurado pela Delegacia de Investigações Gerais de Sorocaba (DIG). Policiais da DIG viajaram para Florianópolis e trouxeram James para Sorocaba.

    O delegado Acácio Leite disse que James Paulo optou por não falar sem a presença de um advogado. Para ouvi-lo, a polícia vai solicitar um advogado para acompanhar o relato de James Paulo a respeito da motivação do homicídio e se existe mais pessoa envolvida no crime. 

    A polícia suspeita que Adeilda encomendou o crime. Ela sustentava demanda judicial sobre a partilha dos bens. Uma testemunha ocular avistou o atirador entrando no carro de Adeilda que o esperava próximo da lanchonete onde o crime ocorreu.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato  

Nenhum comentário:

Postar um comentário