segunda-feira, 3 de julho de 2017

Desfecho do Crime - Tribunal-SP confirma condenação do pilarense que matou a esposa em Itanhaém-SP


    O pilarense e técnico em enfermagem, Sandro Dias Oliveira, 49 anos, vai ter que cumprir os 18 anos e 08 meses de prisão por ter assassinado a esposa Paula Vegas. 

    A vítima era fonoaudióloga e trabalhava como coordenadora do Programa de Aleitamento Materno na Prefeitura de Itanhaém-SP.

    O crime aconteceu em 27 de agosto de 2010, na residência do casal, localizada no Bairro Savoy, em Itanhaém-SP.

    Por votação unânime a 6ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça-SP manteve a condenação imposta ao Sandro Dias Oliveira. 

    A sentença de primeiro grau foi imposta em 27 de agosto de 2014. Sandro Dias está preso desde 2011. O acórdão do Tribunal foi emitido no ano passado; a sentença está transitado em julgado (não cabe nova apelação). 

    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura 

Nenhum comentário:

Postar um comentário