sábado, 29 de julho de 2017

Polícia Civil investiga venda de terreno considerada como estelionato em São Roque

    Um homem reclama que sofreu estelionato em 18 de abril de 2016, ao adquirir um terreno com extensão de 1.666 metros quadrados, situado na Rua C, nº 22, Bairro Santo Antonio Velho, em São Roque.

    Ele afirma que comprara o terreno por R$ 55 mil: pagou R$ 15 mil de entrada e parcelas mensais de R$ 1 mil, o dinheiro fora pago ao Edison Nunes de Almeida que se dizia proprietário do terreno, ao completar o montante de R$ 32 mil, o comprador ouviu informação que o terreno não pertence ao Edison Nunes.

    O terreno é uma gleba de 20 mil metros de extensão e pertence a uma senhora de nome Sandra Inês, que mora na capital paulista, inclusive a mulher ajuizou ação judicial pedindo reintegração de posse.

    Depois que o caso veio à tona, o comprador do terreno assegura que outras pessoas também adquiriram terreno com Edison Nunes. Ao perceber que sofreu estelionato, a vítima procurou a Polícia Civil de São Roque e registrou queixa. O caso está sob investigação.

    Fonte: Correio do Interior

Nenhum comentário:

Postar um comentário