terça-feira, 11 de julho de 2017

São Paulo tem 19 cidades com melhores índices de segurança; Itu está na lista

    Dezenove municípios de São Paulo foram eleitos os mais seguros do país, de acordo com ranking divulgado pela empresa Urban Systems Brasil (USB). O estudo apresentou uma lista com 50 cidades no total.
    O ranking foi construído levando em consideração critérios como taxa de homicídios, acidentes de trânsito, monitoramento de áreas de risco, iluminação pública, despesas com segurança, além do efetivo de agentes de segurança e de trânsito.
    O ranking elegeu Vinhedo, no Interior do Estado, como a cidade com o melhor índice de segurança do país. O município conseguiu subir duas posições, em relação ao ano de 2016. Na região de Campinas, também estão entre as mais seguras Paulínia, Amparo, Jaguariúna e Itupeva.
    As cidades de Cajamar, São Bernardo do Campo, Jandira e Mauá, da região metropolitana de São Paulo, também entraram na lista. Na região de São José dos Campos, Campos do Jordão e Ubatuba são as com melhores indicadores.
    Monte Alto, da região de Ribeirão Preto; Santos e Itanhaém, da região da Baixa Santista; Itu, da região de Sorocaba e Artur Nogueira, Araras, Limeira e Monte Mor, da região de Piracicaba também apresentaram índices positivos dentro dos critérios analisados.

                              Empresa especializada
    O ranking, denominado Connected Smart Cities, foi desenvolvido pela empresa UBS - empresa de Business Intelligence especializada em pesquisa comportamental e análise de dados estatísticos em mapas digitais, para dimensionamento de mercados e levantamento de tendências em mercados e cidades.
    A Urban Systems coleta dados qualitativos com técnicas de pesquisas em profundidade e dados quantitativos através de sua unidade operacional Urban Mind. Para a busca desses dados, o Urban Mind dispõe de tecnologias de robôs de busca varrem as fontes 24 horas por dia, 365 dias por ano, permitindo atualização permanente de dados.
    Reproduzido da Secretaria da Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário