quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Por causa de erro no edital, Prefeitura de Salto de Pirapora vai realizar nova licitação para contratar transporte de alunos do Ensino Fundamental

A empresa JTP Multisserviços, sediada em Barueri-SP, que venceu a licitação para transportar estudantes do Ensino Fundamental, em Salto de Pirapora, considerou inviável assinar contrato com a Prefeitura ao ser informada a respeito da demanda.

JTP Multisserviços afirmou que a Prefeitura publicou um tipo de demanda no edital de licitação, entretanto, existe diferença na demanda a ser atendida.


O Jurídico da Prefeitura analisou o argumento da empresa e entendeu razoabilidade no apontamento, por essa razão a Prefeitura decidiu cancelar o resultado da licitação, e alegou que vai lançar outro edital de licitação.

    Relembre o caso abaixo

Empresa de Barueri-SP assumirá transporte de alunos do Ensino Fundamental em Salto de Pirapora
Ônibus da Empresa São João

    A Prefeitura de Salto de Pirapora declarou a empresa vencedora do pregão com proposta mais vantajosa para transportar aproximadamente dois mil estudantes do Ensino Fundamental, em Salto de Pirapora. 

    Certame realizado no dia 12 de julho de 2017, apenas duas empresas foram habilitadas à disputar. A proponente Empresa São João detentora do contrato atual para transportar os estudantes propôs cobrar R$ 8.50 (oito reais e cinquenta centavos) por quilômetro.

    A empresa JTP Transportes Serviços Gerenciamento e Recursos Humanos Ltda (JTP  Multisserviços), sediada em Barueri-SP, propôs receber R$ 5.79 (cinco reais e setenta e nove centavos) por quilômetro. Prefeitura bateu martelo.

    Desde quinta-feira, 13/07, está aberto prazo na esfera administrativa para eventual recurso por parte da empresa São João. Expirando o prazo sem algum recurso ou mesmo que haja recurso e a Prefeitura não aceitando o recurso, a Prefeitura rescindirá o contrato com a empresa Soão João, e assinará contrato com a empresa JTP Multisserviços. 

    O contrato vigente executado pela empresa São João é de R$ 3,6 milhões por ano, com aditamento soma mais de R$ 4 milhões por ano. O futuro contrato entre Prefeitura e a JTP Multisserviços pode gerar economia significativa de aproximadamente R$ 1 milhão por ano: R$ 800 mil do Estado e R$ 200 mil por parte do Município.

    Aqui a notícia chega chegando

Nenhum comentário:

Postar um comentário