Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

"Operação Chuvas de Verão" será iniciada em 1º de dezembro

Secretário e o Prefeito da Capital

    O secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, participou, na manhã de quarta-feira, 29/11, da apresentação da “Operação Chuvas de Verão”. O projeto, que é uma ação integrada entre o Governo e a Prefeitura de São Paulo, foi divulgado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no bairro da Luz, no centro da Capital.
    “É uma alegria estar aqui firmando mais uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura, sempre visando o bem de São Paulo. A secretaria da Segurança Pública estará de prontidão para ajudar a Defesa Civil e todos os organismos de segurança para que a operação seja um absoluto sucesso”, enfatizou Mágino.
    A operação preventiva contra impactos e acidentes causados pelas chuvas intensas — típicas do verão — é desenvolvida com o objetivo de diminuir danos humanos, ambientais e materiais e será realizada do dia 01 de dezembro até 31 de março de 2018.
    Durante o projeto, serão desenvolvidos oito Planos Preventivos de Defesa Civil (PPDCs), específicos para escorregamentos e inundações, com o objetivo de prevenir os impactos associados aos eventos típicos do período chuvoso. No total, 175 municípios considerados vulneráveis no Estado serão abrangidos.
    O prefeito da Capital, João Doria, enalteceu a união entre os órgãos. “Nesta operação, temos 27 instituições envolvidas e empenhadas em atender a população. Quero agradecer ao secretário Mágino Alves por essa parceria entre o Governo e a Prefeitura. Vamos nos aprimorar e realizar ações complementares para que a operação seja bem-sucedida. ”
    Também participaram do evento o secretário estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Benedito Braga; A secretária-chefe da Casa Militar e coordenadora da Defesa Civil, coronel Helena dos Santos Reis; o Comandante do Corpo de Bombeiros na Grande São Paulo, coronel Max Mena; o secretário de Segurança Urbana, coronel José Roberto, além de representantes do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), entre outras autoridades.
    Texto reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário