terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Desfecho do Crime - Irmãos flagrados com 400 porções de drogas em Salto de Pirapora são condenados


    EM MAIO DE 2017 o Juízo Singular em Salto de Pirapora condenou  por tráfico de drogas e associação para o tráfico de entorpecentes artigo 33 e 35 da lei 11.343/06, Alexandre de Camargo Melo Souza e a irmã dele Juliane Isaine Camargo Melo Souza.

    Inconformados, os defensores deles apresentaram agravo de instrumento ao Tribunal de Justiça de São Paulo. Na segunda quinzena de outubro o Tribunal de Justiça inocentou os dois do crime de associação para o tráfico de drogas e manteve condenação por tráfico de entorpecentes  pelo período de 5 anos em regime fechado e ao pagamento de 500 dias-multa R$ 19 mil, cada um. Os dois continuam presos desde setembro de 2016.

                Recordação do fato  
Casal de irmão é flagrado com mais de 400 porções de drogas em Salto de Pirapora
    Ação conjunta de policiais militares e guardas civis surpreendeu um casal de irmãos na casa deles com grande quantidade de entorpecentes. Ambos estavam na residência, situada na Rua João dos Santos Guilherme, no Jardim Ana Guilherme, próximo ao recinto de festa Antonio Carlos Farrapo, em Salto de Pirapora.

    No interior da casa foram localizados: porções de maconha, um pedaço grande da mesma substância tóxica mais 396 frasconetes contendo cocaína e a quantia de R$ 166,00, quantidade de dinheiro que as equipes acreditam que fora arrecadada com venda de drogas.


    As equipes apreenderam as materialidades delitivas e capturaram o casal de irmãos: Alexandre de Camargo Melo Souza e Juliane Isalane Camargo Melo Souza; ambos estão presos por tráfico de drogas artigo 33 da lei 11.343/06. 

    Ele seria encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba, e ela encaminhada para a cadeia feminina de Votorantim. O crime ocorreu na quinta-feira à noite, 22/09.



                     Aqui a notícia chega chegando

Nenhum comentário:

Postar um comentário