Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Desfecho do Crime - Pai e filho são absolvidos no júri popular em Salto de Pirapora


    DOIS HOMENS acusados de matarem duas pessoas e tentar matar outra estiveram sentados no banco dos réus do Tribunal do Júri em Salto de Pirapora, na terça-feira à tarde, 23/01. 

    Conforme acusação do ministério público, pai e filho teriam matado a tiros Felinto Correa Santana e Eduardo Santos de Camargo e tentado matar o terceiro homem Cleodir Santos Santana. 

    Os crimes ocorreram na madrugada de 28 de outubro de 2016, numa estrada do Bairro Fazendinha enquanto as vítimas se dirigiam ao trabalho (cultivo de uva).

   A testemunha sobrevivente Cleodir Santana afirmou que ele reconheceu os dois homens que efetuaram os disparos matando Felinto e Eduardo e ele apesar de ser atingido por dois tiros não morreu porque fingiu que estava morto. Edi Carlos Pedroso (pai) negou autoria dos crimes. Claudio Pedroso (filho) também negou responsabilidade pelos disparos.

    A promotora de justiça Ana Dutra Cristofani defendeu condenação de pai e filho alegando ser crível o testemunho do sobrevivente Cleodir Santana. Acusação de homicídio qualificado com emboscada: artigo 121 parágrafo 2º inciso IV do Código Penal e tentativa de homicídio com a mesma qualificadora (artigo 121 combinado com artigo 14 do Código Penal). O advogado dos réus, o Dr. Roberto Costa refutou a acusação e sustentou negativa de autoria. 

    Os jurados decidiram inocentar os réus. A juíza Thais Galvão absolveu pai e filho e expediu alvará de soltura. Familiares das vítimas e dos dois acusados estiveram na platéia; os familiares dos acusados choraram quando ouviram a juíza ler o veredicto de absolvição. Relembre os fatos abaixo.  

Pai e filho são presos em Piedade suspeitos de matarem dois homens e ferir outro na Estrada do Bairro Fazendinha, em Salto de Pirapora
    Quinta-feira pela manhã, 24/11, policiais da Delegacia de Salto de Pirapora cumpriram mandado de prisão temporária prendendo dois homens suspeitos de autoria de dois homicídios e uma tentativa de homicídio.

    Crimes cometidos na madrugada de 28 de outubro de 2016, quando as vítimas seguiam ao trabalho abordo de um trator pela Estrada do Bairro Fazendinha, na área rural de Salto de Pirapora.

    Os dois homens presos são: Claudio Augusto Batista Pedroso e Edi Carlos Pedroso; ambos moradores do Bairro dos Leites, na zona rural de Piedade. Conforme informação da polícia, o motivo do desentendimento que motivou os crimes teria sido uma briga num bar há uma semana.

                   Caso

    Na sexta-feira pela manhã, 28/10, ocorreu um crime grave na Estrada do Bairro Fazendinha, na área rural de Salto de Pirapora, próximo da divisa com Piedade. Três homens abordo de um trator se dirigiam ao trabalho quando sofreram emboscada.

    Dois homens saíram de uma plantação de eucalipto se aproximaram da máquina agrícola e efetuaram disparos com armas de fogo que atingiram Felinto Correa Santana e Eduardo Santos de Camargo; ambos não resistiram às lesões provocadas pelos tiros e faleceram. O terceiro homem, Cleodir Santos Santana também fora atingido, e levado ao pronto-atendimento da Santa Casa de Salto de Pirapora.

    Após ser atendido naquele hospital, Cleodir Santana fora transferido ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba. As três vítimas são residentes no mesmo bairro onde o fato aconteceu. Depois de cometerem o crime os criminosos fugiram.

    O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato

Nenhum comentário:

Postar um comentário