Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

segunda-feira, 26 de março de 2018

Fevereiro registra menor número de mortes intencionais da série em São Paulo


    SÃO PAULO apresentou redução no número de casos e vítimas de homicídio e latrocínio e teve queda nos roubos em geral, de veículos, de cargas e a bancos em fevereiro. Mês teve alta no número de prisões.

    O secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, divulgou os dados estatísticos, na tarde de sexta-feira, 23/03, e enfatizou a redução nos principais indicadores de criminalidade. 

    O total de casos de homicídio doloso diminuiu 19,93% no mês, passando de 296 para 237. Já a quantidade de vítimas caiu 21,15% (de 312 para 246) e 66 vidas foram poupadas. Ambos são os menores números desde 2001. 

 
    Com as variações, as taxas de homicídios chegaram a 7,31 casos e 7,74 vítimas a cada 100 mil habitantes no período de março de 2017 a fevereiro de 2018. Mais uma vez, são os menores índices já registrados. 


    Os estupros tiveram alta mensal de 25,82%, passando de 794 para 999 boletins de ocorrência registrados em todo o Estado de São Paulo. Já as extorsões mediante sequestro subiram de duas para três ocorrências.
                                      Crimes contra o patrimônio

    Os casos de latrocínio caíram 35,29%, de 34 para 22 registros. A quantidade de vítimas fatais em roubos recuou 34,29% (de 35 para 23). Os dois números atuais são os menores para o mês desde 2015.

 
    O total de roubos em geral recuou 11,78% no Estado, baixando de 25.216 para 22.245, com 2.971 a menos e alcançando o melhor resultado desde 2013. Já os furtos em geral aumentaram 8,70%, atingindo 46.716 casos em fevereiro.

    Os roubos de veículos diminuíram 21,30%, chegando a 4.508 registros (no período anterior foram 5.728). É o menor número desde o início da série história. 
    Os furtos de veículo caíram 2,53% - de 8.267 para 8.058 em fevereiro, o menor total desde 2010.

    No Estado, os roubos de carga caíram baixaram 13,87%, de 865 para 745 boletins de ocorrência, enquanto os roubos a banco tiveram recuo de 63,64% - de 11 para quatro registros, o menor total para a série histórica mensal.
    “Começamos com um trabalho de inteligência e prendemos diversas quadrilhas. Estamos agora no sexto mês de redução dos roubos de carga, com nossas polícias trabalhando diuturnamente para combater esse tipo de crime”, disse o secretário.

 
    Em fevereiro 11,3 toneladas de drogas foram apreendidas. O total é 41,24% maior que o registrado no mesmo período do ano passado (8 toneladas). Ainda no mês, 1.191 armas de fogo foram retiradas das ruas.
    Texto reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário