Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

terça-feira, 13 de março de 2018

Forças de Segurança em Sorocaba vão reagir?

    QUATRO TRAFICANTES OUSADOS, domingo à tarde, 11/03, cometeram atitudes que demonstram como os envolvidos com o tráfico não respeitam o Estado, a lei e nem seus representantes. Pretendendo iniciar mercância de entorpecentes, eles atearam fogo numa área verde na Rua Maria Leite, no Jardim Betânia, em Sorocaba.

    Um guarda municipal que mora nas proximidades aproximou-se do grupo para expressar que não permitia tal atividade naquele local. Um deles teria dito: O quê você está embaçando, você vai morrer! Rapidamente sacou uma arma de fogo e disparou cinco tiros em direção ao guarda que estava à paisana. O guarda lançou-se ao solo, empunhou uma pistola calibre 380 que pertence a Guarda Municipal de Sorocaba e revidou. O grupo fugiu. Não se sabe se algum tiro atingiu integrante do grupo. O guarda não sofreu lesão. O guarda compareceu ao Plantão Policial da Zona Norte de Sorocaba e registrou queixa-crime. 

    Além de investigar, as Forças de Segurança devem adotar medidas com finalidade de impedir que o grupo consolide seu projeto criminoso de traficância, e também evitar que o guarda municipal sofra outra investida contra sua integridade física como também familiares do guarda. É necessário mostrar aos criminosos que suas atitudes peitaram o Estado e seu representante, e por isso deve haver reação de quem é responsável pela ordem pública e segurança dos cidadãos. Se as forças de segurança reagirem e os criminosos resistirem, então que à resposta seja à altura da resistência, não deve aceitar grupo criminoso "cantar de galo". 

    Merece Reflexão   

Nenhum comentário:

Postar um comentário