Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Comandante da Guarda Municipal de Salto de Pirapora: Número baixo de ocorrências noturna não justificaria custo da manutenção


    COMENTA-SE que o prefeito Joel David Haddad e sua equipe estariam analisando número de ocorrências noturnas atendidas pela Guarda Municipal, e concluíram que pelo número de ocorrências atendidas seria inviável manter a Guarda Municipal averiguando em próprios municipais e nas vias públicas durante o período noturno.

    O estudo chegou ao conhecimento de Sorocaba Notícia por meio de uma fonte digna de credibilidade. Ainda segundo a fonte, o governo Joel Haddad estaria pretendendo assinar portaria para o efetivo da Guarda Municipal trabalhar no período diurno e durante a noite um guarda atenderia chamadas via telefones e outro guarda acompanharia as imagens produzidas pelo sistema de monitoramento, havendo ocorrência o guarda acionaria a Polícia Militar. Antes de questionar a Prefeitura, Sorocaba Notícia contatou com pessoas e a maioria confirmou.

    Se tal medida for posta em vigor a Prefeitura economizará combustível, manutenção de viaturas e o adicional noturno de R$ 300,00 que cada guarda ganha ao trabalhar a noite. A fonte assegura que o prefeito Joel já teria se reunido com sua equipe para discutir como seria a medida e a economia gerada, e quando ele pretenderia assinar a portaria.

               Prefeitura Questionada pelo Site/Resposta da Prefeitura

   Segundo o Comandante da Guarda Civil Municipal, Adilson Camargo, realmente há um número baixo de ocorrências noturnas, que teoricamente não justificaria os custos da manutenção. No entanto, o Comando da Guarda Civil Municipal e nem mesmo a Secretaria de Governo e o Chefe do Executivo tomaram  qualquer decisão nesse sentido. Portanto, no momento o serviço permanece como está.  

    Aqui a notícia chega chegando!     

Nenhum comentário:

Postar um comentário