segunda-feira, 18 de junho de 2018

Desfecho do Crime - Homem que escondia 40 Kg de maconha numa chácara em Itapetininga é condenado


    JUÍZ André Luís Bastos titular da 1ª Vara Criminal de Itapetininga considerou culpado o homem preso pela Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (DISE de Itapetininga) por esconder 40.600 Kg de maconha numa chácara situada na Vila Dos Pescadores, em Itapetininga. 

    O magistrado formou convicção que Isaltino Serafim dos Santos, 50 anos, cometeu tráfico de droga, conduta reprovável pelo artigo 33 da lei 11.343/06 (lei de tóxico), e o condenou a cumprir 10 anos de reclusão, em regime inicial fechado, e pagar multa de R$ 40 mil. 

    Ao sentenciar, André Bastos alegou que os 10 anos de prisão são necessários e justos observando a quantidade de droga apreendida, e por causa da personalidade inclinada para prática de delitos. A agravante da reincidência não foi aplicada porque o juiz compensou pela confissão espontânea. A reprimenda foi decretada em maio (quatro meses após o flagrante). Relembre o caso abaixo. 


DISE de Itapetininga apreende 40 Kg de maconha e prende o traficante

Tino

    INVESTIGADORES da Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (DISE Itapetininga) identificaram um homem que escondia grande quantidade de entorpecentes numa chácara situada na Vila dos Pescadores, em Itapetininga.

    Na terça-feira à tarde, 16/01, uma equipe daquela especializada abordou um homem enquanto saía da chácara onde o averiguado escondia drogas, ao abordar o homem a polícia encontrou com ele 29 gramas de maconha.
A Droga
 


    Os investigadores entraram na chácara e localizaram 35 tabletes de maconha enterrados em diversos ponto do terreno.

    Os "tiras" foram na Vila Regina, na mesma cidade, onde reside o averiguado Isaltino Serafim dos Santos, 50 anos, apelidado por "Tino" e lá localizaram mais dois tabletes da mesma substância entorpecente totalizando 40.600 Kg. A autoridade policial prendeu Tino por tráfico de droga artigo 33 da lei 11.343/06.

    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário