sexta-feira, 8 de junho de 2018

Pai ou monstro? Estuprou filha de 08 anos, matou a filha e ateou fogo na casa em Ibiúna; tudo porque a esposa não quis reatar relacionamento


    PEDREIRO André Pereira de Oliveira de 43 anos, está preso por ter estuprado a própria filha Ana Esther Simões de Oliveira, 08 anos, em seguida assassinou a filha e ainda ateou fogo na residência. O caso ocorreu na madrugada de sexta-feira, 08/06, na casa onde ele morava na Rua Teruo Konishi, Bairro Machado, em Ibiúna.

    Um familiar que mora próximo ouviu explosão no interior da casa e chamou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Ao chegar na residência a polícia encontrou a menina dentro da casa em volta de um coberto, ela já estava morta e apresentando sinais de violência sexual.

    André cometera os crimes porque a esposa dele que é mãe da menina Tatyani Simões Romero de Oliveira, 28 anos, havia rompido o relacionamento conjugal e não pretendia reatar. André estava sozinho com a filha, e antes de cometer os crimes ele teria falado que iria fazer algo que destruiria a família. 

    Após cometer os crimes André fugiu para um matagal próximo da residência incendiada. Policiais militares detiveram André, que pode ser considerado "monstro" e o levaram para Delegacia. Ao ser capturado André confessou os crimes e o porquê. 

    O delegado José de Arruda Madureira Júnior ratificou flagrante por estupro de vulnerável artigo 217-A  e homicídio artigo 121 do Código Penal. André seria levado para audiência de custódia no Fórum de Sorocaba, após audiência de custódia provavelmente será encaminhado para Cadeia em Pilar do Sul (cadeia de seguro). De acordo com informação da Polícia, André esteve 14 anos preso por ter cometido estupro e homicídio.

    Aqui a notícia chega chegando!

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário