Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Assalto em residência em Itapetininga: quadrilha roubou R$ 70 mil de comerciante e durante o assalto os criminosos chamavam a vítima por apelido


    COMERCIANTE W.S.R.J. 31 anos, entrou na residência de seus pais e os encontrou deitados sobre a cama, juntamente com seus pais estava o filho do comerciante e um sobrinho do comerciante. Quatro bandidos encapuzados e armados haviam rendido os pais do comerciante e as crianças.

    Os criminosos também renderam o comerciante pois ele era o alvo dos marginais. Após rendê-lo exigiram dinheiro. O comerciante retirou R$ 5 mil do bolso e entregou a um dos ladrões. O ladrão perguntou a quantia e ao saber do montante reclamou e exigiu mais dinheiro. 

    O comerciante disse que não existia mais dinheiro.Os ladrões não acreditaram porque sabiam que o comerciante é proprietário de quatro mercados, e proferiram ameças caso não entregasse mais dinheiro. Não suportando as ameças, o comerciante disse vamos na casa onde moro aqui no mesmo bairro pegar mais dinheiro. 

    Dois ladrões ficaram mantendo os pais do comerciante rendidos e dois saíram em direção à casa do comerciante. No interior da casa, o comerciante entregou mais R$ 65 mil. Os criminosos pegaram o dinheiro, um relógio, documentos pessoais do comerciante e depois trancaram o comerciante e sua esposa no porão da residência. 

    Além do dinheiro, o celular e o relógio, a quadrilha fugiu numa caminhonete Hilux de cor prata pertencente ao comerciante. Aproximadamente sessenta minutos depois do roubo a Polícia localizou a caminhonete abandonada, mas não encontrou os pertences roubados e nem os ladrões. O crime aconteceu na Vila Arruda, domingo, 19/08, por volta das 22h. Durante o assalto os ladrões chamavam o comerciante por apelido (Waguinho).

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário