terça-feira, 21 de agosto de 2018

Justiça libera motorista que conduziu o carro pela SP 264 e rodopiou na pista causando o acidente que matou Natanael Oliveira, em Salto de Pirapora

Este é Bruno

    EM AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA NO FÓRUM DE SOROCABA, segunda-feira, 20/08, o juiz Diogo Correa de Morais Aguiar firmou convencimento que não deveria manter preso Bruno Andrade, por ele ter conduzido veículo sob influência de bebida alcoólica e o carro se envolvido em acidente que culminou com a morte do amigo dele Natanael Oliveira; na madrugada de segunda-feira, 20/08, pela Rodovia Francisco José Ayub, SP 264, em Salto de Pirapora.

    O magistrado firmou convencimento que não seria caso de mantê-lo preso porque não existe condenação anterior e Bruno reside na mesma cidade, ainda segundo entendeu o juiz, se houver condenação futura a pena privativa de liberdade pode ser substituída por restritiva de direitos.

    O magistrado arbitrou fiança de R$ 954,00 e determinou medida cautelar. A fiança foi pago. Bruno já está em liberdade, mas terá que obedecer a seguinte determinação do juiz: Bruno deve recolher-se em sua casa todos os dias até às 22h e lá permanecer até às 06h da manhã (não deve permanecer na balada após às 22h); ele não deve viajar para outro Estado e lá permanecer mais de sete dias, sem antes solicitar autorização da Justiça (Fórum de Salto de Pirapora). Leia  abaixo a matéria a respeito do acidente e o flagrante de Bruno na Delegacia de Salto de Pirapora. 

Acidente em Quintas de Pirapora, em Salto de Pirapora mata jovem de 21 anos
Vítima Fatal

    JOVEM NATANAEL OLIVEIRA, 21 anos, a bordo de um automóvel Golf de cor escura pôs seu pescoço para fora do carro, que trafegava pelo Km 126 da Rodovia Francisco José Ayub (SP 264), naquele momento, o condutor do Golf, Bruno Andrade da Silva Moreira, perdeu controle de direção em seguida o carro rodopiou na pista e bateu violentamente num barranco.

    No momento que o veículo rodopiou o jovem Natanael fora arremessado para fora do carro e caiu na pista. Além do condutor Bruno e seu amigo Natanael, estava no carro Renato Oliveira, irmão do jovem Natanael. O condutor Bruno e Renato sofreram ferimentos leves, depois que eles saíram do carro perceberam que Natanael não estava no veículo, olharam para trás e avistaram Natanael caído na pista. O jovem já estava morto. 

    Os rapazes voltavam de uma festa no Bairro Quintas de Pirapora, na área rural daquele município. Quem esteve na festa afirma que o condutor Bruno e os irmãos Natanael e Renato haviam ingerido bebida alcoólica. 

    O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho prendeu o condutor Bruno por embriaguez ao volante, sem arbitrar fiança; delegado aplicou novo entendimento jurídico (condutor embriagado após causar acidente com vítima deve ser apresentado ao juiz(a). Todos eles são moradores do Bairro Campo Largo, em Salto de Pirapora. O acidente aconteceu no início da madrugada de segunda-feira, 20/08.

Nenhum comentário:

Postar um comentário