Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

terça-feira, 7 de agosto de 2018

PM captura ladrão em Salto de Pirapora, delegado ratifica flagrante, e juíza de Sorocaba manda soltar o meliante

Indivíduo Alessandro

    INDIVÍDUO entrou numa loja de roupas estabelecida na Avenida Pedro Pires de Melo, Bairro Terras de São João, em Salto de Pirapora e com a mão embaixo da blusa simulou estar portando arma, em seguida ele retirou uma bolsa que estava com a comerciante D.S. de 61 anos, e pegou a quantia de R$ 100,00 que estava na bolsa, e fugiu do local.

    A comerciante acionou a Polícia Militar. Compareceram ao comércio o sargento Adail e soldado Laureano, ambos ouviram reclamação da vítima a respeito da ação do indivíduo como também as características do ladrão. Os policiais diligenciaram e obtiveram êxito em localizar e abordar um suspeito.

    O indivíduo Alessandro Felipe Jordão Ferrari de 20 anos, que reside no Jd Paulistano, na periferia daquela cidade, assumiu que cometeu o roubo e já havia gasto metade do dinheiro roubado. 

    A comerciante reconheceu Alessandro como sendo o autor do crime. O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho entendeu ser crível a afirmativa da comerciante (vítima) e ratificou flagrante de roubo artigo 157 do Código Penal(audiência de custódia). O crime ocorreu segunda-feira à noite, 06/08.

               Ladrão é liberado em Sorocaba 

    Em audiência de custódia no Fórum de Sorocaba, a juíza Cecília de Carvalho Contrera Massaglia entendeu que não era caso de converter o flagrante em prisão preventiva e determinou libertar o criminoso. 

    A magistrada fundamentou haver discrepansa no relato do preso e da vítima, e com isso ela entendeu que não estava descartado a hipótese que o ladrão (preso) apenas arrebatou a bolsa da comerciante, sem lhe impôr ameaça. Seguindo essa hipótese a juíza entendeu que o ladrão não teria cometido roubo, ele teria cometido furto. 

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição!

Nenhum comentário:

Postar um comentário