Restaurantes, Pousadas e Pizzarias

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Homem é acusado de cometer atos libidinosos com crianças de 06 e 07 anos em Capela do Alto


    TRANSEUNTE achou um celular pela via pública do Bairro Higino Moreira, em Capela do Alto, como não existia bloqueio por meio de senha o rapaz acessou a galeria de videos e fotos pretendendo identificar a quem pertencia o aparelho.

    Além de identificar quem é o proprietário do aparelho, o rapaz visualizou fotos e vídeos do dono do aparelho cometendo atos libidinosos com crianças. Diante do fato, o rapaz desceu até a Delegacia de Capela do Alto e lá entregou o celular. Ao vê os videos e as fotos, na quinta-feira, 20/09, o delegado Agnaldo Nogueira Ramos instaurou inquérito para apurar suposto crime de estupro de vulnerável artigo 217-A CP, e pediu a prisão temporária do suspeito.

    No final da tarde da quinta-feira a justiça ordenou prender o suspeito o pedreiro Roberto Ribeiro de Oliveira. Na sexta-feira pela manhã (dia seguinte) policiais civis foram no Bairro Higino Moreira e capturaram Roberto Ribeiro. Ouvido na Delegacia da cidade, o indivíduo Roberto Ribeiro confirmou ter perdido o celular e que os videos e as fotos mostram ele e as crianças em situação libidinosa. 

    A polícia soube que Roberto Ribeiro é pernambucano, as crianças são filhas de baianos que recentemente vieram para Capela do Alto. Roberto Ribeiro constituiu amizade com os pais das crianças (vitimas são tio e sobrinha), por isso os pais permitiam as crianças irem brincar na residência do pedreiro Roberto Ribeiro; era em sua casa que os atos aconteciam. 

    A polícia espera laudo do IML que poderá provar se houve conjunção carnal ou não. A polícia afirma que o conjunto de indícios é verossímil, e que antes de expirar os trinta dias da prisão temporária vai pedir conversão da prisão temporária em prisão preventiva (preso até julgamento).

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição!   

Nenhum comentário:

Postar um comentário