quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Crise de fúria em Salto de Pirapora: comerciário não aceita separação e danifica móveis e eletrodoméstico da residência; delegado determinou chilindró


    O COMERCIÁRIO Claudio Roberto dos Anjos, 45 anos, ouviu pedido de separação de sua esposa (G.D.F. 39 anos), isto gerou crise de fúria. Claudio danificou móveis, eletrodomésticos, e espalhou mantimentos por diversos cômodos da residência. A esposa dele acionou a Guarda Civil Municipal.

    Guardas detiveram-no e conduziram-no à Delegacia de Salto de Pirapora. O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho o prendeu por dano qualificado com base na lei 11.340/06 conhecida como lei Maria da Penha. A autoridade policial arbitrou fiança de R$ 5 mil, mas Claudio não pagou a fiança, por esse motivo o delegado o encaminhou para audiência de custódia no Fórum de Sorocaba.

    A crise de fúria aconteceu terça-feira pela manhã, 24/10, na residência do casal, situada na Rua Walter Antonio Rodrigues, Jardim Luar, em Salto de Pirapora. Claudio é eletricista, atualmente ele trabalha num Açougue na mesma cidade.

    Não dá para viver sem notícia!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário