sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Vigilantes da Votorantim Cimento flagram funcionário da empresa e a mulher dele em pleno crime patrimonial em Salto de Pirapora

Tais e Dione

    VIGILANTES DA EMPRESA VOTORANTIM CIMENTO, no início da madrugada de sexta-feira, 09/11, flagraram e detiveram o indivíduo Dione da Silva Velazquez, 33 anos e a esposa dele Tais Leão Ferraz, 25 anos, cometendo furto de 30 metros de fio de cobre avaliado em R$ 150,00 o metro totalizando R$ 4.500 (quatro mil e quinhentos reais). Após deter o casal gatuno, a vigilância da empresa acionou a Polícia Militar para apoiar a condução dos ladrões até a Delegacia de Salto de Pirapora. 

    O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho determinou prisão em flagrante por furto artigo 155 parágrafo 4º (concurso de agentes) C.P. Após o registro do flagrante o casal larápio foi encaminhado para audiência de custódia no Fórum de Sorocaba. 

    Durante audiência de custódia a juíza Cecília de Carvalho Contrera Massaglia entendeu não ser caso de converter o flagrante em prisão preventiva por que segundo ela, o crime não fora cometido com emprego de violência nem grave ameaça, a magistrada ainda vislumbrou que o casal não apresenta histórico criminal e em caso de eventual condenação a pena privativa de liberdade poderá ser convertida em pena restritiva de direitos. Seguindo esse entendimento a juíza liberou o casal gatuno (responderão processo em liberdade).

               Como eles agiam

    Dione  da Silva e Tais Leão residem na Rua Waldevino Cardoso, Loteamento Nova Votorantim, em Votorantim. Há quase 09 anos, Dione trabalha de operador na empresa Votorantim Cimento inclusive pago com remuneração considerável. Ultimamente material desaparecia da seção de fiação e solda, setor que trabalha Dione. A chefia da empresa solicitou intensificar revista na saída dos trabalhadores, contudo essa medida não flagrou quem subtraía o material. 

    Os vigilantes suspeitavam do funcionário Dione, por isso foram observar num matagal nos fundos da empresa e lá visualizaram possível lugar em que o material era escondido. Na quinta-feira pela manhã (08/11), os vigilantes montaram estratégia para pegar o ladrão. Dione encerrou seu turno no início da madrugada e saiu em seu carro Citroen C 4 de cor prata e foi buscar a esposa Tais Leão na casa da mãe dela em Salto de Pirapora. 

    O casal retornou no carro e Dione dirigiu o Citroen até o local onde estava os 30 metros de fio cobre, enquanto ele tentava pôr o material no carro os vigilantes surpreenderam e detiveram o casal. De acordo com informação dos vigilantes, o funcionário Dione aproveitava o horário da janta para destinar o material pelos fundos da empresa, depois que ele saía da empresa e buscava a esposa Tais Leão, ele retornava ao local e o material era posto no interior do Citroen.

    Quem ler jornal só sabe notícia amanhecida, leia Sorocaba Notícia aqui a notícia é da hora! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário