quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

São Paulo fechou novembro com menos índices de criminalidade


     Estado de São Paulo fechou o mês de novembro com queda nos casos e vítimas de homicídios e latrocínios, além de redução nos estupros. Também houve diminuição em todas as modalidades de roubos e furtos.


    As ocorrências de homicídio doloso recuaram 15,5% no mês de novembro, com 240 casos no último mês, ante 284 em igual período de 2017. O número de vítimas caiu 12,6%, com 37 vidas poupadas – passou de 294 para 257. Para ambos os indicadores, é o menor total da série histórica.
    Com as quedas, as taxas de homicídios do Estado nos últimos 12 meses (de dezembro de 2017 a novembro de 2018) foram de 6,83 casos e 7,19 vítimas a cada 100 mil habitantes – os menores índices da série.
    Os latrocínios apresentaram queda de 4,2% no mês, passando de 24 para 23 ocorrências. A quantidade é a menor da série histórica desde 2010 e iguala-se ao total registrado no ano de 2014.
    No mesmo período, o número de vítimas de roubos seguidos de morte teve redução de 4%, já que o total passou de 25 para 24 vítimas. É o menor número desde 2014, desde o início da série histórica.
                         Outros indicadores
    Em novembro, os estupros diminuíram 12,3%, com 922 boletins de ocorrências registrados – 129 a menos que em igual período de 2017. As extorsões mediante sequestro permaneceram zeradas.
    Os roubos em geral caíram 8%, com 1.835 casos a menos no penúltimo mês de 2018. Foram 21.021 ocorrências em novembro deste ano, ante 22.856 em igual período do ano passado. É o menor total desde 2013.
    Os roubos de veículos recuaram 9% no mês, passando de 5.634 para 5.127, ou seja, 507 casos a menos. É o segundo menor total contabilizado em toda a série histórica, iniciada em 2001.
    Os roubos a banco caíram 85,7% em novembro. A diminuição mensal foi de seis ocorrências, caindo de sete para um boletim de ocorrência desta natureza. A quantidade é a menor da série histórica mensal.
    No mesmo período, os roubos de carga tiveram queda de 16,2% - passando de 829 para 695, em números absolutos, foram 134 a menos.
    Os furtos em geral tiveram redução de 1,1%, com 41.550 casos, contra 42.002. Os furtos de veículos reduziram em 8,4% no mês. A quantidade caiu de 9.099 para 8.338 ocorrências registradas em novembro. Menor número desde 2009.
                     Produtividade policial
    Em novembro, o trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar resultou em 15.496 prisões realizadas. É a maior quantidade registrada na séria histórica.
    No mesmo mês, 1.011 armas de fogos foram retiradas das ruas e 3.660 flagrantes de tráfico de drogas foram registrados.
    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário