segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Motoristas que utilizarem veículo para cometer crimes patrimoniais e contrabando serão proibidos dirigir por 5 anos

    PRESIDENTE DA REPÚBLICA Jair Bolsonaro (PSL) sancionou na sexta-feira, 11/01, a lei que determina a cassação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de condenados pelos crimes de contrabando, furto, roubo, descaminho e receptação e que tenham utilizado veículo nos delitos. O texto, que modifica o Código de Trânsito Brasileiro, foi publicado no Diário Oficial da União.

    De acordo com a lei, se o condutor for condenado por um desses crimes em decisão judicial transitada em julgado, isto é, contra a qual não caiba mais recurso, terá a sua CNH cassada ou será proibido de obter a habilitação para dirigir um veículo por cinco anos. Depois do prazo, o texto permite novo pedido de habilitação, desde que o condutor faça todos os exames necessários previstos no Código de Trânsito.

    Ainda conforme o texto, se o motorista for preso em flagrante praticando qualquer um desses crimes, um juiz poderá determinar “a suspensão da permissão ou da habilitação para dirigir veículo automotor, ou a proibição de sua obtenção”.

    Reproduzido de Veja.Com. Br

Nenhum comentário:

Postar um comentário