segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

O crime que desalentou evangélicos em Sarapuí

Suspeito Preso

    DELEGACIA DE INVESTIGAÇÕES GERAIS DE ITAPETININGA investiga morte violenta do jovem evangélico da Igreja Congregação Cristã no Brasil, Ezequiel Cleto de 19 anos, que residia no Bairro Cabaçais, área rural de Sarapuí. 

    Antes de sua conversão Ezequiel era envolvido com droga e outros tipos de delito. No dia 09 de janeiro deste ano, Ezequiel sumiu, houve quem dissesse que ele fora capturado por algozes. Dois dias depois do sumiço alguém encontrou um capacete de motociclista apresentando manchas de sangue supostamente de Ezequiel. A pessoa entregou o capacete para polícia. 

    Confirmado que era o capacete de Ezequiel isto reforçou a suspeita que Ezequiel estaria capturado por algozes ou morto. A polícia soube de um suspeito e solicitou mandado de prisão temporária; a Justiça ordenou prender o suspeito Eder de Lima por trinta dias. Eder Lima também mora em Sarapuí. Ao ser capturado Eder Lima indicou aos policiais que o corpo de Ezequiel estava enterrado no Assentamento Carlos Lamarca, em Itapetininga. 

    A polícia foi ao local e encontrou o corpo de Ezequiel. Apesar de ter mostrado onde o corpo estava enterrado Eder Lima nega ter participado do crime. Eder Lima já esteve preso seis anos, condenado por estupro. Existe suspeita que o rapaz sofreu pauladas e teria sido enterrado ainda vivo. Uma hipótese da motivação do homicídio e ocultação do cadáver seria dívida de droga. O inquérito está sob a responsabilidade do delegado Agnaldo Nogueira Ramos.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição!   

Nenhum comentário:

Postar um comentário