terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Menos vitimas de latrocínio em janeiro na região de Sorocaba

    REGIÃO DE SOROCABA fechou o mês de janeiro com redução nos casos e vítimas de latrocínio, além de queda nos furtos e roubos em geral e nos roubos de carga.

    Ao contrário de janeiro de 2018, quando a região registrou três casos e três vítimas de latrocínio, em igual mês deste ano não foram contabilizadas ocorrências para ambos os indicadores.
    Os furtos em geral reduziram 5,4% no período, passando de 2.328 para 2.203. O mesmo aconteceu com os roubos em geral, que apresentou queda de 15,8% no mês de janeiro – de 468 para 394. O número é o menor da série histórica iniciada em 2001.

    Os roubos de cargas caíram 60% no mês, passando de cinco para dois. Os roubos a banco ficaram estáveis com nenhum caso registrado.
                       Outros indicadores
    No período, a região de Sorocaba apresentou elevação de 53,8% nos casos de homicídio doloso, passando de 13 para 20. O mesmo aconteceu com o número de vítimas. Com um aumento de 50%, foram contabilizadas 21 ocorrências em janeiro deste ano, contra 14 no mesmo mês de 2018.  As taxas da modalidade, considerando os últimos 12 meses, ficaram em 5,73 casos e 6,03 vítimas a cada 100 mil habitantes.
    Na região, os estupros também tiveram aumento em janeiro deste ano. Os casos passaram de 105 para 127 – uma alta de 21%. O mesmo aconteceu com os roubos de veículo. Com sete casos a mais, foram 84 ocorrências em janeiro do ano passado, contra 91 neste ano – elevação de 8,3%.
                      Produtividade policial
    O trabalho realizado pelas três polícias na região resultou em 1.557 prisões realizadas ao longo do mês. Em janeiro, 98 armas de fogos foram retiradas das ruas e 316 flagrantes de tráfico de drogas foram registrados.
    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário