terça-feira, 19 de março de 2019

Desfecho do Crime em São Miguel Arcanjo - Condenados os responsáveis pela morte do sitiante Marcos Nicolino


    O JUIZ Matheus Oliveira Nery Borges fez sua caneta sair tinta para punir os três criminosos que vitimaram Marcos Nicolino de 62 anos, proprietário do "Sitio União das Primaveras" e o caseiro do sitio o senhor Marcos Munhoz de 38 anos; crimes cometidos na noite de 27 de fevereiro de 2016, no referido sitio localizado no Bairro Justinada, área rural de São Miguel Arcanjo.

    Os sentenciados e as dosimetrias: David Willian Bueno e Cleberson Romani Natalício, apelidado por Tubaína são apenados a cumprir 44 anos e 09 meses de reclusão; Roberto Alessandro Ribeiro Noronha, conhecido no rol da criminalidade por Fio deverá cumprir 49 anos e 10 meses em prisão. 

    O fundamento das condenações são: redação final do 3º parágrafo do artigo 157 em combinação com o artigo 14 do CP (latrocínio consumado e latrocínio tentado) e artigo 244-B do Estatuto da Criança e Adolescente (corrupção de menor), pelo fato de cometerem os crimes em companhia de um adolescente de 17 anos.

    David, Cleberson e Roberto Noronha estão presos desde 03 de março de 2016. A decisão cabe recurso no Tribunal-SP. Na sentença, o juiz não concedeu direito de apelação em liberdade por entender que soltos eles poderiam cometer crime ou fugir.

                          Caso

    Em 27 de fevereiro de 2016, no “Sítio União das Primaveras”, na zona rural de São Miguel Arcanjo. Em horário diurno, dois dos criminosos andaram de carona no carro do sitiante Marcos Nicolino, 62 anos, e imaginando que ele tinha muito dinheiro planejaram assaltá-lo.

    Os dois moradores no Bairro Justinada convidaram mais dois indivíduos que moravam no mesmo bairro para auxiliar na ação de roubo no período noturno daquela data.

    Ao tentarem render o sitiante Marcos Nicoliono, ele reagiu; por esse motivo, um dos rapazes atirou atingindo o carro e o sitiante. 

    Em ação contínua, os quatro entraram na residência do caseiro Marcos Munhos, 38 anos, e também atiraram na cabeça dele, atingindo-o de raspão. Os criminosos roubaram objetos e o carro que era conduzido pelo proprietário do sitio. 

    Levados ao pronto-atendimento de São Miguel Arcanjo, o sitiante Marcos Nicolino morreu, o caseiro foi trazido para um hospital em Sorocaba (escapou da morte).  No dia seguinte a Polícia Militar encontrou o carro do sitiante abandonado no centro da cidade. A captura dos criminosos ocorreu por policiais da DIG de Itapetininga, que cumpriram ordem judicial sob a coordenação do delegado Luiz Henrique. 

    Quem comete crime está sujeito a pão de angústia é água de amargura!   

Nenhum comentário:

Postar um comentário