quarta-feira, 20 de março de 2019

DHPP-SP completa 33 anos

    DEPARTAMENTO ESTADUAL DE HOMICÍDIO E PROTEÇÃO À PESSOA (DHPP) completou 33 anos na última quinta-feira (14 de março). Trata-se da divisão da Polícia Civil responsável pela investigação de homicídios, em casos de extorsão mediante sequestro e na localização de pessoas desaparecidas

                           Admiração

    O DHPP entende que seu trabalho, inconscientemente, gera um misto de fascínio, curiosidade e deslumbramento em boa parte da população. “Os contornos drásticos de um homicídio, na mesma medida em que evocam a sensação de insegurança na comunidade, estimulam também o fascínio pelos mistérios e pela aventura, próprios da atividade de investigação criminal”, afirma a delegada do DHPP, Sumaya Maria Said Chahrour Ferreira de Carvalho.
    Para a delegada, a eficácia do departamento é outro fator que contribui diretamente para essa associação positiva. “A admiração popular pela polícia, de um modo geral, e pelo DHPP, especificamente, tem igual fundamento nos excelentes serviços prestados ao longo de sua tradição”, recorda.
    Na opinião dela, dedicar-se à investigação criminal requer algumas características particulares de um profissional da segurança. “Os policiais civis que integram a estrutura do DHPP são vocacionados e especializados, dedicados ao trabalho que os liga à causa comum da segurança pública”, afirma a delegada.

                    Dedicação no combate à violência

    Cabe citar também o papel que o DHPP vem adquirindo no que diz respeito ao combate da violência contra a mulher. “O departamento deliberou pela priorização, em suas divisões e delegacias, das causas envolvendo mulheres em situações distintas de vulnerabilidade”, lembra a delegada Sumaya.
    A delegada faz questão de enaltecer a competência de todos os envolvidos – passado e presente – no processo de transformação do departamento em uma referência dentro da segurança pública. “Com mais de 30 anos de existência, o DHPP é um órgão competente, experiente e, ao mesmo tempo, moderno, oferecendo à população do Estado um serviço de elevada qualidade, credibilidade e reconhecimento nacional”, finalizou.

    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário