terça-feira, 16 de abril de 2019

Secretário de Segurança-SP destaca Consegs: A segurança nasce onde as pessoas moram


    SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA-SP, general João Camilo Pires de Campos, palestrou na segunda-feira pela manhã, 15/04, para representantes da Secretaria Nacional da Segurança Pública. O seminário foi realizado na sede da pasta, no centro de São Paulo.


    Durante o encontro, o general apresentou a estrutura da SSP e das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica. Mostrou ainda as tecnologias disponíveis para utilização no combate ao crime e citou as principais ações integradas deflagradas este ano.
    “Desde o dia 2 de janeiro realizamos megaoperações no Estado de São Paulo. Não existe mais espaço para operações singulares, as grandes operações precisam ser integradas e é assim que estamos trabalhando”, ressaltou o secretário.
    Como resultado do trabalho conjunto entre as polícias, o general apresentou a queda nos indicadores de criminalidade, com destaque para os homicídios dolosos que caíram 10,5% na comparação de fevereiro de 2018 com o segundo mês deste ano.
    Além disso, o secretário falou sobre a valorização policial, explicou sobre o pagamento de Bonificações por Resultados que estavam atrasadas e reafirmou o pagamento em dia das próximas. “Esse é um dos fatores da efetividade dos resultados”, ressaltou. 
                                   Tecnologia
    Ao longo do seminário, o general destacou a expansão dos sistemas tecnológicos de combate ao crime e exemplificou o uso de algumas ferramentas de gestão, criadas e aprimoradas no âmbito das próprias polícias, como o sistema Detecta.
    O Detecta é um sistema de monitoramento inteligente e o maior big data da América Latina, que integra bancos de dados das polícias paulistas. “Se conseguíssemos integrar o nosso banco de dados com o de outros Estados íamos combater uma grande rede de criminalidade”, defendeu o general.
    Além deste, também foi apresentado o Inquérito Policial Eletrônico (IP-e), o de Informações Criminais (Infocrim) e o de Legitimação à Distância (Lead). “Segurança Pública se faz pela valorização de pessoas e pelo uso de inteligência e tecnologias”, afirmou.
         Expansão de atendimentos e criação de unidades
    Outra medida importante destacada pelo general foi a ampliação do atendimento 24 horas em mais nove Delegacias de Defesa da Mulher (DDM). Pioneiro no combate à violência contra a mulher, São Paulo conta hoje com 133 DDMs, sendo que dez já funcionam ininterruptamente.
    “Para pleno funcionamento dessas unidades 24 horas por dia, vamos realizar novos concursos para contratação de profissionais e aqui ressalto a importância da contratação de mulheres”, afirmou o general Campos.
    Além disso, somente neste mês, São Paulo inaugurou mais quatro Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baeps). “Atualmente, há nove em funcionamento no Estado. O compromisso do Governo é chegar a 22 Baeps no Estado”, lembrou o chefe da pasta.
                                         Integração
    Ao longo de todo o encontro, foi reforçada a importância de todas as formas de integração para combater a criminalidade. “Um exemplo disso são os Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs). A segurança nasce onde as pessoas moram”, afirmou o chefe da pasta. 
    Para apresentar as ferramentas utilizadas por cada uma das polícias o secretário contou com auxílio do sub-diretor do setor de Tecnologia de Informação e Comunicação da PM, o tenente-coronel Wanderley Viríssimo de Oliveira, e dos majores Fábio Miloco e Marta das Graças Sousa e Souza.
    Representando a Civil falaram os delegados José Brandini Junior e Caetano Paulo Filho, divisionário e diretor do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (Dipol). Explanando pela Polícia Técnico-Científica o perito criminal Samuel Alves de Melo Neto. 
    Os secretários executivos da PM e da PC, o coronel Álvaro Batista Camilo e o delegado Youssef Abou Chahin, respectivamente, o superintendente da Polícia Técnico-Científica, o perito Maurício Rodrigues Costa, além de outras autoridades, estiveram presentes.
    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário