terça-feira, 2 de julho de 2019

Sorocaba - 8º DP identifica e prende envolvidos no latrocínio do açougueiro Francisco Silva

Delegado Acácio Coordenou Investigação

    O COMERCIÁRIO Francisco Correa da Silva trabalhava num açougue situado no Centro de Sorocaba. Em 23 de março deste ano, após sua jornada de trabalho ele encontrou uma garota de programa que estava pela Avenida Ipanema e convidou-a para um programa. Ela aceitou.

    Os dois foram para um quarto onde a mulher costumava fazer programa. Enquanto Francisco banhava-se, a mulher verificou a carteira dele e viu seu dinheiro. Ela decidiu dopá-lo para subtrair o dinheiro. Serviu-lhe bebida contendo sedativo. Francisco ingeriu a bebida e depois adormeceu.

    A garota de programa Carla Graziele Rosa, 29 anos, saiu para comprar droga, no trajeto ela encontrou uma adolescente e lhe falou os fatos. As duas retornaram ao quarto onde o açougueiro dormia, entraram no carro dele um utilitário Montana e saíram para comprar droga. Procurando onde comprar entorpecente, elas encontraram dois indivíduos Wanderlei dos Santos Rodrigues e Wagner da Silva de Oliveira. Eles também souberam dos fatos.

    Carla e os outros três compraram drogas e outras substâncias para aplicar outra dose de sedativo no açougueiro porque imaginaram que o açougueiro tinha mais dinheiro. Ao chegarem no quarto eles viram que o açougueiro recobrava à consciência, então agrediram e asfixiaram-no até matá-lo. Abandonaram o corpo do açougueiro num terreno baldio no Jardim Simus. A polícia encontrou o corpo no dia 01 de abril.

              Polícia identifica autores e outros envolvidos

    O quarteto criminoso negociou o veículo Montana com Ronaldo Neves Machado, e este vendeu o Montana ao indivíduo Vitor Henrique Santos, este Vitor envolveu na negociação o sujeito Marcos Antonio Salinas V. Júnior. Ao saberem que a Polícia estaria próximo de identificar os envolvidos no caso, o carro é retirado do estacionamento do Residencial Carandá e depois é abandonado à margem de uma rodovia. A polícia verificou as imagens do Condomínio e visualizou um quarto elemento envolvido trata-se de Tiago Fernando Javosrki que agiu para retirar o veículo do Condomínio.

    Ronaldo, Vitor, Marcos e Tiago respondem em liberdade por receptação artigo 180 C.P. O autores respondem por latrocínio redação final do artigo 157 C.P. Carla, Wanderlei e Wagner estão presos preventivamente, e a adolescente está apreendida. Os quatro confessaram o crime inclusive citando detalhes que corroboram com a materialidade e com os cenários dos fatos; afirma o delegado Acácio Aparecido Leite titular do 8º Distrito Policial em Sorocaba.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!

Nenhum comentário:

Postar um comentário