terça-feira, 29 de outubro de 2019

Pilar do Sul - Justiça bloqueia bens do ex-secretário de Urbanismo, engenheiro Rubens Reis Gonçalves Jr


    EM MEADOS DE 2008, a Prefeitura de Pilar do Sul contratou empresas para reformar escolas. Naquele ano, o engenheiro Rubens Reis Gonçalves Júnior, apelidado por "Baixo" era secretário de Urbanismo da Prefeitura. 

    Rubens Reis era responsável por vistoriar as obras; ele assinou laudo de vistoria informando conclusão das obras de reformas nas escolas municipais: Edna Aparecida Ferreira e Maria Aparecida Perches, ambas situadas no Bairro Campo Grande, próximo à entrada do Jardim Nova Pilar.

    Após o laudo emitido por Rubens Reis, a Secretaria de Finanças da Prefeitura procedeu o pagamento pela execução das reformas. Recentemente, a atual administração pública identificou que as reformas não foram concluídas por isso contratou perito para apontar o que faltava. A perícia relatou que a Construtora Amenia Ltda não concluiu as reformas. 

    Este ano, com base no laudo pericial, a Prefeitura ajuizou ação no Fórum de Pilar do Sul, contra Rubens Reis Gonçalves Júnior e a citada empresa. Na ação, a Prefeitura pede que o ex-secretário e a empresa reembolsem os cofres públicos com o montante de R$ 248. mil reais, esse dinheiro seria para conclusão das obras, despesa com perito, correção monetária e juros.

    O juiz Ricardo Galvão recebeu a ação enxergando indícios de irregularidade por parte do ex-secretário e da citada empresa, e acolheu pedido de tutela de urgência, pugnado pela Prefeitura. Mas o julgador discordou do montante pleiteado pela Prefeitura. O juiz entendeu que o montante a ser pago é R$ 3.280,00 do perito mais R$ 53.838,00 que seria para concluir as obras. Assim sendo, o magistrado determinou indisponibilidade de dois imóveis em Presidente Prudente-SP, pertencentes ao ex-secretário Rubens Reis. O processo segue para julgamento de mérito. 

    Aqui a notícia chega chegando!

Nenhum comentário:

Postar um comentário