quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Pilar do Sul - Criminoso Dentinho pode ajudar Polícia identificar quem tentou matar cadeirante Alex Avelino e sua família


    O CRIMINOSO César Vinícius Gomes Feireira, mais conhecido por Dentinho (na foto) é visto como o homem que pode colaborar para que a Polícia Civil identifique os autores da violência ocorrida domingo, 08/12, quando indivíduos feriram a tiros quatro pessoas no Bairro Campo Grande.

    A polícia prendeu Dentinho dois dias depois do crime; Dentinho tinha drogas e dinheiro dentro de uma casa no Bairro Campo Grande. A residência onde estava a materialidade pertence a uma mulher namorada ou amásia de Dentinho. O criminoso Dentinho reside no Jardim Nova Pilar. Ele está preso por tráfico de droga.

                Por que Dentinho pode ajudar a Polícia?

    Dentinho é comparsa do cadeirante Alex Avelino de Góes Vieira. Alex deixou de morar em Pilar e estava foragido, ele estaria escondido em São Miguel Arcanjo. Na noite do crime Alex foi visitar seus filhos cuidados pelos pais de Alex. 

    O cadeirante Alex seria simpatizante do Primeiro Comando da Capital, e adquiria drogas de outro simpatizante do PCC que mora em São Miguel Arcanjo. As drogas eram vendidas em bocas de fumo em Pilar do Sul. O criminoso Dentinho atuava distribuindo as drogas e fazendo cobranças. Os autores dos tiros vieram matar o cadeirante Alex porque ele estaria devendo R$ 6 mil de drogas.

    Por ser comparsa do cadeirante Alex, Dentinho tinha cópia da chave do carro do cadeirante Alex. Um dia após o  crime, Dentinho teria ido em frente a residência da família do cadeirante onde ocorreu a violência no Campo Grande e como ele tinha cópia da chave levou o carro. Quando a polícia prendeu Dentinho, ele conduzia o carro pertencente ao cadeirante. Não existe dúvida que Dentinho sabe quem é o fornecedor de drogas em São Miguel Arcanjo que o cadeirante estaria devendo.

    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!

Nenhum comentário:

Postar um comentário