sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Pilar do Sul - Assistente social é preso por importunação sexual, as vítimas são crianças da entidade ACA


    DE ACORDO COM INFORMAÇÃO DA POLÍCIA, durante um piquenique na antiga Casa do DER estabelecida no Bairro Campo Grande, em Pilar do Sul, na quinta-feira pela manhã, 20/02, o assistente social Alanderson Pereira (foto) teria cometido crime contra os costumes e vitimado crianças atendidas pela entidade ACA estabelecida no mesmo bairro.

    Alanderson teria indagado as crianças a respeito de bobagem: "Vocês sentem tesão ao verem bunda de mulher"? E continuou preferindo outras bobagens maliciosas; e em seguida passou a mão na perna de uma menina. Ao término do piquenique as crianças procuraram a direção da entidade e reclamaram. Após ouvir as crianças a coordenadora da entidade acionou a Polícia Militar e esta deteve o assistente social e o conduziu para a Delegacia da cidade.

    Ao ouvir a equipe policial e depois disso ouvir o relato da coordenadora do ACA, o delegado  Milton Andreoli registrou flagrante de importunação sexual lei 13.718/18, que configura em ato libidinoso na presença de alguém não sendo consensual (sem concordância) tendo finalidade de satisfazer a própria lascívia (vontade sexual), este crime é punível com pena de 1 a 5 anos de reclusão. Após o registro do flagrante Alanderson foi encaminhado para audiência de custódia.

    Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição!

Nenhum comentário:

Postar um comentário