quarta-feira, 8 de abril de 2020

Instituto Médico Legal-SP comemora 135 anos


    FUNDADO EM 1885, o Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo comemora, em 7 de abril, 135 anos de prestação de serviço à sociedade no âmbito da Segurança Pública. Subordinado à Superintendência da Polícia Técnico-Científica, é o órgão técnico pericial mais antigo da Polícia.


    Atualmente o IML é representado pelo diretor dr. Alexandre Marcos Cirino e estruturado por núcleos de perícia na Capital, Grande São Paulo e no interior. Seu objetivo é fornecer bases técnicas em Medicina Legal para o julgamento de causas criminais.
    “Quero agradecer e parabenizar todos os meus colegas que se esforçam para o bem de nossa população. Agradecer ao nosso Superintendente da Polícia Técnico Científica, dr. Mauricio Rodrigues Costa e ao Secretário da Segurança Pública, gen. João Camilo Pires de Campos, por todo apoio que tem dado à classe de médicos legistas e a todos os funcionários do Instituto Médico Legal.”, relata o diretor do instituto.
    Entre as atribuições do IML destaca-se a necropsia – exame que avalia as causas da morte – realizada em casos de morte violenta, morte suspeita ou morte natural quando não há identificação da vítima.
    No entanto, essa função representa apenas uma parcela das funções dos profissionais da área. A maior parte dos atendimentos feitos no IML são em indivíduos vivos que foram alvos de crimes como agressões, homicídio tentado, abusos sexuais, acidentes de trânsito e de trabalho.
    É coparticipante, com a Secretaria da Saúde, do “Programa Bem Me Quer”, para atendimento às vítimas de abuso sexual abaixo dos 14 anos. O programa, que existe desde o ano 2000, tem uma equipe de médicas legistas especialistas em sexologia forense para o atendimento pericial às vítimas.
    O instituto também possui núcleos especializados em perícias como Clínica Médica, Tanatologia Forense, Radiologia e Odontologia Legal, além de exames, análises e pesquisas em Anatomia Patológica, Toxicologia Forense e Antropologia.

                Médicos legistas: medicina em prol da justiça

    Em meio à comemoração pelo aniversário do IML, um grupo importante e essencial para o funcionamento do órgão também é homenageado nesta terça-feira, 07/04: os médicos legistas. Estipulada em 1886, a data foi escolhida para lembrar a assinatura da lei que oficializou a perícia médico-legal no Brasil.
    O profissional é responsável pela realização de exames de corpo de delito com o objetivo de emitir laudos que atestem fatos ocorridos. Esses documentos são utilizados para elucidar casos, uma vez que pode diagnosticar desde a causa da morte e tipo de violência sofrida, até dados que identifiquem responsáveis por crimes.
    A atuação do médico legista é de grande importância para o trabalho conjunto entre as Polícias Técnico-Científica, Civil e Militar do Estado de São Paulo, e a Justiça, sempre visando a segurança da população.
    Reproduzido da Secretaria de Segurança Pública-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário