segunda-feira, 11 de maio de 2020

Salto de Pirapora - Criminoso Joel Matos comete outro crime desta vez teria desferido golpe de martelo na cabeça da própria filha

     O CRIMINOSO Joel Matos de Oliveira, 57 anos, cometeu outro crime desta vez o casso ocorreu na residência da própria filha situada na Rua Giorgina Leme dos Santos, no Jardim Teixeira, periferia de Salto de Pirapora. 

    No sábado à noite, 09/05, Joel que mora na residência da filha, desentendeu com seu neto, sua filha que é mãe do menino reclamou do pai e pediu para Joel sair da residência. Joel teria falado que só sairia se houvesse morte. Minutos depois Joel pegou um martelo e desferiu martelada na testa da filha, ela reagiu. Joel desferiu soco no rosto dela e continuo agredindo-a. O esposo da filha interveio em defesa dela, por fim esposa e esposo conseguiram evitar a consumação do intento homicida. Depois do fato Joel fugiu.

    A filha foi levada ao pronto-socorro da Santa Casa de Salto de Pirapora. Na segunda-feira, 11/05, a filha desceu até a Delegacia da cidade e denunciou o caso. O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho registrou o caso como lesão corporal artigo 129 e ameça artigo 147 C.P no âmbito da lei Violência Doméstica. 

    O delegado solicitou aos guardas Cristiano Braga e Diniz que conduzissem o indivíduo para a Delegacia, onde seria inquirido. Os guardas encontraram Joel pelo Calçadão e o conduziram para a Delegacia. Após ser inquirido Joel fora liberado. 

    Em 07 de julho de 2018 Joel feriu com golpes de canivete seu desafeto Leonardo Cassiano, crime cometido na região central de Salto de Pirapora. No momento do crime o guarda Cristiano Braga estava à paisana e passava pelo local para tomar sorvete, e deteve o criminoso. Joel esteve preso por causa desse crime, mas não demorou recluso. Relembre abaixo a tentativa de homicídio.

                     Joel preso por tentativa de homicídio

    TRÊS HOMENS brigavam: Joel Matos de Oliveira enfrentava os irmãos Leonardo Cassiano e Cristiano Cassiano, um dos irmãos desferiu soco atingindo a boca de Joel Matos, ao sentir a bofetada Joel Matos sacou um canivete e desferiu golpe atingindo a lateral esquerda do abômen de Leonardo Cassiano. 

    Leonardo Cassiano caiu, Joel Matos investiu para desferir mais golpes. Naquele momento o guarda municipal Cristiano Braga que estava à paisana, juntamente com esposa e filha iam tomar sorvete numa sorveteria. O guarda interveio retirando Joel Matos e em seguida o guarda sacou sua pistola e deteve o agressor.


    Ambulância da Prefeitura socorreu e levou a vítima ao pronto-atendimento da Santa Casa da cidade. Apos ser atendido naquele hospital Leonardo fora encaminhado ao Hospital Regional de Sorocaba. Cinco horas depois do fato o Hospital Regional liberou a vítima(escapou de morrer).
Joel Matos


    O delegado Irani Barros prendeu Joel matos por homicídio tentado artigo 121 combina com artigo 14, ambos do Código Penal(audiência de custódia). O crime ocorreu sábado à tarde, 07/07, na Praça da Matriz, Centro de Salto de Pirapora. 


    Existe quem versa que o desentendimento teria ocorrido porque Joel Matos ganha dinheiro olhando veículos na região central da cidade e não aceita pessoa que ingere bebida alcoolica se aproximar do "ponto" onde Joel fica olhando os veículos. Os dois irmãos chegaram por lá e Joel teria tentado retirá-los, isto gerou desentendimento e briga resultando na tentativa de homicídio. 


    Segredo da credibilidade é ser fiel ao fato!

Nenhum comentário:

Postar um comentário