quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Polícia Civil-SP procura criminoso

 

    


ANAILSON COSTA DA SILVA (CONSYS)

HOMICÍDIO E TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Data de nascimento:
14/03/1988
Idade atual:
32 anos
Natural de:
Poção de Pedras - MA
Sexo:
Masculino
Pele:
Branca
Olhos:
Castanhos escuros
Cabelos:
Castanhos escuros
Altura:
1,63 m
Tatuagens/Cicatrizes:
N/C

De interesse para:

Divisão de Vigilância e Capturas - DECADE "procurados@policiacivil.sp.gov.br" - Telefone: (11) 3311-3148.


Histórico:

É procurado pela tentativa de homicídio, que vitimou o idoso M. A. S. e pelo homicídio, que vitimou o dentista W.S.. O crime ocorreu em agosto de 2016, no bairro Jardim Marisa, na cidade de São Paulo-SP, após uma discussão em virtude do procurado e seus comparsas serem surpreendidos pichando a residência das vítimas (pai e filho). Para o cometimento do crime Anailson agiu em parceria, com os também procurados, Adilson Nascimento dos SantosAluisio Denis Pires da Silva e Lucas Rafael de Siqueira Nunes, além de outros envolvidos, já presos.

Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".

sábado, 19 de setembro de 2020

Polícia Civil-SP procura estuprador

 

Elizeu Nunes

    

ELIZEU NUNES

ESTUPRO E ESTUPRO DE VUNERÁVEL
Data de nascimento:
10/11/1972
Idade atual:
47 anos
Natural de:
Apucarana - PR
Sexo:
Masculino
Pele:
Branca
Olhos:
Castanhos escuros
Cabelos:
Castanhos escuros
Altura:
1,68 m
Tatuagens/Cicatrizes:
N/C

De interesse para:

Divisão de Vigilância e Capturas - DECADE "procurados@policiacivil.sp.gov.br" - Telefone: (11) 3311-3148; DEINTER 3 - Unidade de Inteligência policial "uip.deinter3@policiacivil.sp.gov.br" - Telefone: (16) 3610-6799.


Histórico:

No ano de 2014 foi indiciado pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável (arts. 213 "caput" e § 1º e o art. 217-A, ambos do Código Penal) praticados contra sua enteada. A vítima gravou o próprio estupro e entregou a gravação para Polícia Civil, pois já havia narrado os fatos para sua mãe, mas a mesma não acreditava na história. Ainda segundo a vítima, agora maior de idade, a violência ocorria desde seus 8 anos. Elizeu teve sua prisão preventiva decretada pela 3ª Vara Criminal de Franca-SP, com fundamento nos respectivos crimes. Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”.


sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Polícia Civil-SP procura homicida

 

Aluísio Denis Pires da Silva

    

ALUISIO DENIS PIRES DA SILVA

HOMICÍDIO E TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Data de nascimento:
08/10/1981
Idade atual:
38 anos
Natural de:
São Caetano do Sul - SP
Sexo:
Masculino
Pele:
Branca
Olhos:
Azuis
Cabelos:
Castanhos
Altura:
1,80 m
Tatuagens/Cicatrizes:
Várias tatuagens pelo corpo

De interesse para:

Divisão de Vigilância e Capturas - DECADE "procurados@policiacivil.sp.gov.br" - Telefone: (11) 3311-3148.


Histórico:

É procurado pela tentativa de homicídio, que vitimou o idoso M. A. S. e pelo homicídio, que vitimou o dentista W.S.. O crime ocorreu em agosto de 2016, no bairro Jardim Marisa, na cidade de São Paulo-SP, após uma discussão em virtude do procurado e seus comparsas serem surpreendidos pichando a residência das vítimas (pai e filho). Para o cometimento do crime Aluisio agiu em parceria, com os também procurados, Adilson Nascimento dos SantosAnailson Costa da Silva e Lucas Rafael de Siqueira Nunes, além de outros envolvidos, já presos. Aluisio também é foragido da Colonia Penal de Pirapuara-PR, desde de outubro de 2016. Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".


quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Polícia Civil-SP procura marginal

 

Wellington Rodrigues F Oliveira

    

WELLINGTON rODRIGUES FERREIRA DE OLIVEIRA

HOMICÍDIO, ROUBOS E MOTIM DE PRESOS
Data de nascimento:
12/01/1977
Idade atual:
43 anos
Natural de:
Bauru - SP
Sexo:
Masculino
Pele:
Branca
Olhos:
Castanhos escuros
Cabelos:
Castanhos escuros
Altura:
1,79 m
Tatuagens/Cicatrizes:
Duende, Mago, "Smilinguido" (braço direito); Rottweiler, gueixa e letras orientais (braço esquerdo); outras

De interesse para:

Divisão de Vigilância e Capturas - DECADE "procurados@policiacivil.sp.gov.br" - Telefone: (11) 3311-3148; Delegacia Seccional de Bauru - SP - Telefone: (14) 3224-3771.


Histórico:

Indivíduo contumaz no crime desde o ano de 1999, extremamente perigoso, envolvido com o tráfico de drogas na cidade de Bauru-SP e região. Integrante de organização criminosa que age dentro e fora dos presídios. É procurado pela Justiça, condenado por crime de roubo, e ainda, possui mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio. Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".


quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Polícia Civil-SP procura delinquente perigoso

 

    


OSMIR DA SILVA (VERMELHO E BAIANO)

"LATROCÍNIO" CONTRA POLICIAIS
Data de nascimento:
10/03/1978
Idade atual:
42 anos
Natural de:
Cajazeiras - PE
Sexo:
Masculino
Pele:
Parda
Olhos:
Castanhos escuros
Cabelos:
Pretos
Altura:
1,70 m
Tatuagens/Cicatrizes:
N/C

De interesse para:

Divisão de Vigilância e Capturas - DECADE "procurados@policiacivil.sp.gov.br" - Telefone: (11) 3311-3148.


Histórico:

Indivíduo contumaz no crime desde o ano de 1999. Preso no ano de 2003, por roubo, cumpria pena no regime fechado. Em 23/08/2006, foi beneficiado com a progressão de sua pena ao regime semiaberto e, em 24/04/2007, novamente beneficiado para o cumprimento de pena em regime aberto. Em 10/06/2007, na cidade de São Roque-SP, em coautoria com Cícero Oliveira dos Santos, também procurado, Adalto Oliveira dos Santos, e outros, praticaram um roubo seguido de morte (latrocínio), em que vitimou fatalmente, o delegado aposentado, H. S. O., da Polícia Civil do Estado de São Paulo, e seus dois filhos H. S. O. e H. S. O. J. este, Escrivão de Polícia. Adalto, que também constava como procurado, foi preso em 24/01/2017, na cidade de São Paulo. Osmir tem contra si dois mandados de prisão expedidos, um de prisão preventiva pelo crime de "latrocínio", acima citado e outro, por evasão, expedido no ano de 2010. Art. 5ª, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Polícia Civil-SP procura assassino de policial

 

Cicero Oliveira dos Santos

    

Data de nascimento:
24/02/1979
Idade atual:
41 anos
Natural de:
Inajá - PE
Sexo:
Masculino
Pele:
Branca
Olhos:
Castanhos escuros
Cabelos:
Castanhos escuros
Altura:
1,80 m
Tatuagens/Cicatrizes:
N/C

De interesse para:

Divisão de Vigilância e Capturas - DECADE "procurados@policiacivil.sp.gov.br" - Telefone: (11) 3311-3148.


Histórico:

Indivíduo contumaz no crime desde o ano de 1997. Registra crimes nas cidades de Suzano, Cotia e São Roque. Extremamente perigoso. No ano de 2007, na cidade de São Roque-SP, em coautoria com o seu irmão Adalto Oliveira dos Santos, Osmir da Silva, e outros, praticaram um roubo seguido de morte (latrocínio), em que vitimou fatalmente, o delegado aposentado, H. S. O., da Polícia Civil do Estado de São Paulo, e seus dois filhos H. S. O. e H. S. O. J. este, Escrivão de Polícia. Adalto, que também constava como procurado, foi preso no dia 24/01/2017, na cidade de São Paulo. Cícero tem contra si dois mandados de prisão expedidos, sendo um condenatório por crime de homicídio praticado no ano de 1997, e outro, de prisão preventiva pelo crime de "latrocínio", acima citado. Osmir da Silva também consta como procurado. Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".


terça-feira, 1 de setembro de 2020

Polícia Civil -SP - Homicida procurado

 

Ricardo Vieira Diniz

    

Data de nascimento:
13/10/1991
Idade atual:
28 anos
Natural de:
São Paulo
Sexo:
Masculino
Pele:
Branca
Olhos:
Cabelos:
Altura:
Tatuagens/Cicatrizes:

De interesse para:

DHPP - 3ª Delegacia de Homicídios, telefone 11-3311-3148